Bengtson ressalta aprovação de MP que renegocia dívidas de produtor rural

Agência Trabalhista de Notícias 6/05/2016, 8:06


Ao destacar que o que está segurando a economia brasileira são os recursos gerados no campo, o deputado Josué Bengtson (PTB-PA) manifestou sua satisfação pelo fato de a Câmara dos Deputados ter aprovado medida provisória (MP) que permite a renegociação das dívidas de produtores rurais.

“O que aprovamos foi muito bom, porque permite a todos aqueles que contraíram empréstimos renegociarem suas dívidas e se prepararem para a próxima safra.

Sempre digo que o que está segurando a economia brasileira é o campo.

Precisamos investir no produtor rural, porque quando você planta uma semente, colhe 500, 600 outras sementes.

Quando você planta uma árvore frutífera, por anos ela continua frutificando”, disse.

Na quarta-feira (04/05/16), o Plenário aprovou a MP 707/15, que reabre prazos e concede mais benefícios para a quitação ou renegociação de dívidas rurais.

A data final de dezembro de 2015 passou a ser dezembro de 2016.

O texto aprovado pela Câmara alonga mais essa data para dezembro de 2017 e aumenta os descontos de vários tipos de dívidas rurais.

Nas dívidas rurais de empreendimentos localizados na área de abrangência da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), a concessão de descontos para liquidação ou renegociação foi estendida também aos grandes produtores, com dívidas originais acima de R$ 100 mil.

“É uma boa notícia principalmente para a Região Nordeste, que vem sofrendo com a estiagem há bastante tempo.

Quando o clima não funciona direito, quando a chuva não vem ou vem em excesso, há prejuízo.

E como que o pequeno produtor, o médio produtor poderá honrar o seu compromisso se ele não teve a renda esperada da sua agricultura?”, questionou o parlamentar.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria da Liderança do PTB na Câmara dos DeputadosFoto: Leonardo Prado/Câmara dos Deputados