Benito Gama é o novo presidente da Frente Parlamentar da Cruz Vermelha

PTB Notícias 28/07/2015, 17:12


O deputado Benito Gama (PTB-BA) é o novo presidente da Frente Parlamentar para a Cruz Vermelha no Brasil.

O convite foi feito pela presidente da Cruz Vermelha Brasileira (CVB), Rosely Pimentel Sampaio.

“No mundo inteiro a atuação da Cruz Vermelha é forte e eficaz na ajuda aos mais necessitados.

Tenho o compromisso de reforçar a ação da entidade não apenas na Bahia, mas em todo o território nacional”, disse Benito.

O objetivo da frente parlamentar é defender os projetos de interesse da entidade no Congresso Nacional, trazer para a Cruz Vermelha as demandas das populações necessitadas e fiscalizar o uso dos recursos públicos aportados na entidade.

No Brasil, a Cruz Vermelha atua em situações de enchentes, deslizamentos de morros, situações de risco à vida e outros desastres naturais e tragédias humanitárias.

Também atua de maneira permanente na área da administração dos serviços de saúde e capacitação de comunidades em cursos de primeiros socorros.

A entidade administra hospitais próprios e faz gestão de unidades e serviços públicos de saúde (hospitais, UPAs, Samu e Programas de Saúde da Família).

“Espero incentivar a presença da Cruz Vermelha Brasileira em locais onde seja necessário ampliar a ação do poder público, tanto em atividade permanente quanto emergencial.

Neste momento em que crescem as demandas decorrentes de desastres ambientais e a economia coloca tantas pessoas em risco social, precisamos de novos parceiros”, disse Benito Gama ao justificar a parceria entre deputados e senadores e a Cruz Vermelha Brasileira.

Ações e OrçamentoUma das primeiras ações da frente parlamentar na Câmara dos Deputados será de apoiar a aprovação do projeto de lei 2978/2008, em tramitação na Comissão de Finanças e Tributação e depois, de Constituição e Justiça.

O projeto assegura à entidade porcentagem de 0,015% dos prêmios das loterias administradas pela Caixa Econômica Federal.

Com a diminuição de interesse pela Loteria Esportiva, a subvenção de um prêmio anual é insuficiente para custear as atividades da entidade no Brasil.

A frente parlamentar também será importante no momento da discussão do Orçamento de 2016.

“É mais seguro destinar emendas parlamentares a uma entidade que se encontra diretamente sob nossa fiscalização.

A frente parlamentar terá a tarefa de apoiar as ações da Cruz Vermelha Brasileira, mas também será um exigente e atento fiscal das aplicações dos recursos que ajudar a destinar à entidade”, alertou Benito Gama, que é economista e ex-vice-presidente de Governo do Banco do Brasil.

A frente foi instalada em 14 de julho deste ano e já recebeu autorização do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para funcionamento.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria do deputado Benito Gama (PTB-BA)Foto: J.

R Neto/Divulgação; Divulgação/Assessoria