Benito Gama vê contradições na escolha do Aeroporto da Copa, no RN

PTB Notícias 7/07/2011, 6:44


Tudo não passou de uma confusão.

Esse é o resumo da ópera após o anúncio, na última terça-feira, 05/07, por parte do assessor especial do Ministério dos Esportes, Ricardo Gomyde, de que o Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, só ficará pronto em agosto de 2014, após a realização da Copa do Mundo de futebol.

A declaração gerou muita especulação durante o II Fórum Legislativo das cidades-sede da Copa.

Horas após o anúncio, a assessoria do Ministério dos Esportes correu para desdizer a informação.

“O que aconteceu foi que o representante do ministro utilizou dados desatualizados, levando-o a fazer conjecturas equivocadas a respeito do término das obras do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante”, contradisse a assessoria do ministério.

“A afirmação do assessor do ministério teria sido dada com base em informações da Infraero”, completou.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que conduz o processo de concessão do aeroporto – cujo leilão está mantido para o dia 19 deste mês, na sede da BM&F Bovespa, em São Paulo – reafirmou sua posição: “Todos os prazos previstos no edital (do leilão) foram aprovados pela diretoria da Anac e atendem ao interesse público.

Nada foi mudado”.

A previsão inicial da Anac é de que o vencedor do leilão, que ganhará o direito de construir e gerir o terminal do aeroporto por 25 anos, poderá entregar o equipamento até 2013.

O secretário de estadual de Desenvolvimento Econômico, Benito Gama (PTB), disse que acredita no cronograma da Anac, que prevê o término das obras do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante em 2014, antes do Mundial da FIFA.

“Tendo ganhador, o prazo do edital é para que o aeroporto funcione antes da Copa.

Não há dificuldade nenhuma”, afirmou Gama.

No entanto, o secretário afirmou que “o aeroporto da Copa para o RN é o Augusto Severo.

Esse aeroporto já existe e está em reforma.

Mas se o de São Gonçalo ficar pronto antes da Copa, como esperamos, será ainda melhor”, salientou o secretário Benito Gama.

Benito Gama vê contradição entre a fala do assessor do Ministério do Esporte e as promessas feitas pelo Governo Federal ao estado.

“Essa é uma discussão dentro do governo”, concluiu Gama, uma vez que em reuniões em Brasília representantes do próprio ministério já asseguraram a obra para antes da Copa.

O Aeroporto Internacional de Cargas e Passageiros da Grande Natal / São Gonçalo do Amarante, é um novo complexo aeroportuário brasileiro sendo construído na Região Metropolitana de Natal, mais especificamente localizado no município de São Gonçalo do Amarante, distante 40 quilômetros de Natal.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Diário de Natal