Benito revela preocupação com o crescimento e a expansão da violência

PTB Notícias 8/03/2013, 7:58


O presidente nacional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Benito Gama, manifestou preocupação com o aumento e a expansão da violência no Brasil.

O Mapa da Violência 2013, divulgado pelo jornal “O Globo” desta quinta-feira (7/3), mostra a realidade cruel da insegurança que toma conta das cidades brasileiras nos últimos anos.

Segundo o estudo, 147.

343 brasileiros morreram por armas de fogo, enquanto no mundo um total de 169.

574.

Para Benito, o poder público negligenciou ações para conter essa verdadeira guerra civil implantada no país.

“Ao longo dos anos, setores da sociedade brasileira diziam que a violência estava associada ao desemprego, à fome, à miséria, mas nas últimas duas décadas, enquanto o Brasil retirava milhões de pessoas da miséria, a violência continuava crescendo e se alastrando pelo país, contrariando os sociólogos de plantão”, diz.

O presidente do PTB ressalta que a nível mundial, casos de violência extrema, tais como o de Nova York, nos Estados Unidos, foram totalmente resolvidos com políticas públicas de combate à violência.

Benito Gama reforça que o crime organizado cresceu assustadoramente no país, e que o governo federal, o Congresso Nacional e o Poder Judiciário têm que tratar o assunto como calamidade pública.

“As estatísticas publicadas hoje mostram que 147.

343 mil pessoas morreram por arma de fogo, enquanto que no mundo, no mesmo período, foi de 169.

574.

Só que no mundo, as estatísticas incluem países em guerra, como Iraque, Sudão, Afeganistão, e países como Sri Lanka, Índia, Somália, Paquistão, Israel e Territórios Palestinos”, disse o presidente petebista, que corrobora: “O PTB não ficará omisso nessa luta, e abrirá discussão para propor/buscar soluções que minimizem o dramático quadro da segurança pública brasileira”.

Agência Trabalhista de Notícias, por Felipe MenezesFoto: Felipe Menezes