Bienal do Mercosul receberá tecnologia de ponta da Procempa

PTB Notícias 20/07/2007, 8:57


A 6ª Bienal do Mercosul, uma das maiores mostras de arte contemporânea do mundo, a ser realizada de 1º de setembro a 18 de novembro, em Porto Alegre, receberá tecnologia de ponta da prefeitura, por meio da Procempa.

A empresa de tecnologia da Prefeitura de Porto Alegre, que é presidida pelo petebista gaúcho André Imar Kulczynski, viabilizará a transmissão em tempo real, pela internet, do Simpósio Internacional de Arte e Educação, evento integrante da Bienal, que deverá reunir em outubro cerca 1,5 mil participantes.

A Procempa também implantará ambientes Wireless para conexão gratuita à internet sem fio, no Cais do Porto, onde, além do Margs e do Santander Cultural, ocorrerá a mostra.

O convênio de parceria inédita entre a prefeitura com a Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul, organizadora do evento, deverá ser assinado nos próximos dias.

O Simpósio Internacional terá suas atividades transmitidas pela internet por meio da Infovia, rede de 323 Km de fibras ópticas do município.

“O internauta poderá assistir às atividades do encontro através de links nos sites da Fundação Bienal, dos patrocinadores da mostra e também nos portais da prefeitura”, afirma a coordenadora de Marketing da Fundação Bienal, Marta Magnus.

Além de transmitir o encontro na Web, a Procempa também disponibilizará um software para que as inscrições para o simpósio sejam realizadas pela internet, por meio do site da Fundação.

Para oferecer internet livre de alta velocidade, a Procempa implantará um ambiente Wireless em um cybercafé, aberto ao público e instalado pela Empresa no espaço de convivência da Bienal, entre os armazéns A3 e A4 do Cais do Porto.

Outra rede de internet sem fio da companhia será destinada às salas dos Armazéns A3, A4, A5, A6 e A7, para uso pela coordenação do evento.

A 6ª Bienal do Mercosul também contará com equipamentos de última geração cedidos pela Procempa.

Serão instalados 44 computadores e pontos de rede nas salas dos supervisores, dos professores e de Imprensa.

Os espaços destinados à equipe de produção e estações pedagógicas também receberão as máquinas da Companhia, que vai disponibilizar, ainda, à Fundação, telefonia digital para as salas da coordenação, utilizando a tecnologia VoIP (voz transmitida pela rede de dados).

Para o diretor-presidente da Procempa, André Imar Kulczynski (PTB), as ações transversais do governo municipal não ocorrem apenas no âmbito da prefeitura, mas também com outros agentes da sociedade, como é o caso da Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul.

“O emprego da tecnologia na 6ª Bienal como elemento de qualificação do evento reverte-se em benefício à Cidade”, acrescenta o petebista.

fonte: site do PTB – RS