Bosco acredita em ‘Choque de Realidade’ para problemas de Porto Velho

PTB Notícias 25/04/2012, 7:32


O nome do pré-candidato a prefeitura de Porto Velho (RO), Bosco da Federal (PTB), continua tomando corpo e crescendo entre os prováveis sucessores do Palácio Tancredo Neves.

Desde o inicio de sue pré-candidatura, Bosco da Federal vem realizando reuniões com representantes de comunidades de várias regiões da capital rondoniense.

“Essas reuniões são vitais para qualquer pretenso candidato entender como está a real situação de sua cidade, muitas das comunidades que visitei demonstraram a insatisfação por sentirem-se afastadas das políticas públicas, porém mesmo sabendo do potencial que elas apresentam”, afirmou Bosco da Federal.

Entre as regiões visitadas por Bosco da Federal estão distritos Cujubim Grande, Extrema de Rondônia, Fortaleza do Abunã, Nova Califórnia, Vista Alegre do Abunã, além de bairros da região Norte, Leste e Sul de Porto Velho que apresentam graves problemas estruturais e serviços básicos.

Choque de Realidade No período em que esteve vereador de Porto Velho, Bosco da Federal se destacou positivamente pela forma incisiva e proba ao qual desempenhou seu papel como fiscalizador do município, experiência essa que deu a Bosco da Federal o entendimento de que a população portovelhense necessita urgente de um “Choque de Realidade” para entender a força de nossa capital que vem sendo sumariamente oprimida com uma situação irreal e inaceitável.

“Atualmente a cidade de Porto Velho vem passando por um momento que deveria estar orgulhando seus cidadãos, pois são muitos os investimentos que nossa cidade recebe.

Isso prova que precisamos passar a não aceitar as várias situações de precariedades que a nossa cidade vêm passando, precisamos de um choque de realidade””, enfatizou Bosco da Federal.

Dentro do contexto de “Choque de realidade” assumido durante a pré-candidatura de Bosco da Federal está a proposta de uma gestão municipal participativa, contando com o apoio e direto e indireto de todos os setores da cidade e grupos sociais da cidade de Porto Velho.

“Se grande parte dos munícipes se massificarem em um único bloco em defesa desse choque de realidade, onde passaremos a cobrar, fiscalizar e exigir direitos básicos.

Tenho certeza que teremos uma capital mais forte e certamente uma futura gestão limpa, transparente e participativa, ponho meu nome a disposição da comunidade para juntos fomentarmos esse choque de realidade”, concluiu Bosco da Federal.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Rondonia ao Vivo