Bosco da Federal visita comunidade e apoia projeto de piscicultura em RO

PTB Notícias 30/03/2012, 8:19


O pré-candidato à prefeitura de Porto Velho (RO) pelo PTB, Bosco da Federal, reuniu-se nesta semana com a comunidade do Cujubim Grande, uma área localizada á próximos trinta quilômetros da capital e vem passado por um processo de crescimento econômico com grandes expectativas a partir do anuncia da construção de um Porto Graneleiro na localidade.

“Cujubim Grande é uma área que merece um olhar especial por parte dos gestores, pois é uma região com expectativas reais de um franco crescimento, porém que parece esquecida pelo poder municipal que não oferece as ferramentas necessárias para a comunidade trabalhar”, disse Bosco da Federal.

Bosco da Federal afirmou que é necessário um trabalho de melhoria das condições básicas, educacionais e de estrutura dentro dessa comunidade que em breve passará por uma vertiginosa transformação.

No período em que esteve vereador Bosco da Federal acompanhou de perto o processo de inicialização de uma cooperativa de pescadores fundada pela comunidade do lago do Cujubim, um projeto de empreendedorismo dos moradores e que hoje começa a gerar frutos.

“No final do ano passado realizei uma reunião com a comunidade na qual tentei buscar algumas melhorias que tanto reivindicavam e nunca haviam sido ouvidos por nenhuma liderança política.

Nesse mesmo período vi surgir da força de vontade dessa comunidade a proposta da criação de uma cooperativa de pescadores que hoje já conta com uma produção significativa”, afirmou Bosco da Federal.

Atualmente a cooperativa conta com um projeto de piscicultura que tem mais de três mil peixes da espécie Jatuarana prontos serem vendidos no período da semana santa, época do ano onde o consumo de peixes é praticamente triplicado devido às tradições religiosas.

“Projetos de cooperativismo sempre nos dão exemplos de como é possível mudar a realidade de uma comunidade, se essa cooperativa criada há menos de seis meses já está pronta para comercializar seus produtos, imagine como seria o cenário se eles tivessem recebido apoios mais incisivos de órgãos como a Semagric, Sedam EMATER”, argumentou Bosco da Federal.

A venda Os peixes vendidos pela cooperativa de pescadores do lago do Cujubim ficarão em torno dos cinco a seis reais o quilo da Jatuarana.

O produto será vendido direto ao consumidor que poderá economizar, pois atualmente Porto Velho registra um grave problema de escassez de peixes, fato que elevou o valor de mercado desse produto.

Para quem tiver interesse em buscar informações sobre como pode comprar os peixes da cooperativa do lago do Cujubim , basta ligar para o telefone (69) 9229-6090 e aproveitar para comprar o peixe com antecedência já que durante a semana santa a procura aumenta.

“É importante apoiar projetos desse porte pois já é visível o sucesso dessa cooperativa e além desse trabalho temos várias ideias para essa comunidade que merece ser reconhecida e incluída nas prioridades da gestão municipal”, concluiu Bosco da Federal.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Rondônia Ao Vivo