Braz destaca importância de audiência pública sobre enfrentamento ao crack

PTB Notícias 23/08/2013, 17:12


A Comissão de Prevenção e Combate ao uso de Crack e outras Drogas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza em Muriaé (Zona da Mata), na próxima terça-feira (27/8/13), audiência pública com o objetivo de discutir o enfrentamento ao crack no interior do estado.

A reunião, que acontecerá na Câmara Municipal de Muriaé, às 10h, atende a requerimento do deputado Braulio Braz (PTB).

De acordo com o parlamentar, a realização de uma audiência pública em Muriaé é necessária para envolver a sociedade na discussão sobre o problema das drogas.

“O aumento do consumo em Muriaé provocou, também, um crescimento dos índices de violência.

Com este debate acredito que será possível fazer um diagnóstico do problema e poderemos propor políticas públicas voltadas para o enfrentamento do crack na região.

Queremos ajudar o Governo do Estado a aprimorar os seus programas nesta área, o que certamente vai reduzir o drama das famílias que sofrem com a dependência química”, salientou.

ConvidadosForam chamados para participar da reunião o juiz diretor do Foro da Comarca de Muriaé, Marcelo Alexandre do Valle Thomaz; o secretário de Estado de Esportes e da Juventude, Eros Biondini (PTB); o subsecretário de Políticas Sobre Drogas da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude, Cloves Eduardo Benevides; o comandante do 47º Batalhão de Polícia Militar do Estado de Minas Gerais da 1ª RPM, Ten.

Cel.

PM Cláudio Nazário da Silva Machado; o comandante do 2º Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais do 4º BBM, 1º Ten.

BM Thomaz Tassi de Freitas; o delegado Regional da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Muriaé, Luiz Carlos dos Santos; a diretora de Secretaria das Promotorias de Justiça da Comarca de Muriaé do Ministério Público do Estado, Jackeliny Ferreira Rangel; e o presidente do Conselho Municipal de Políticas Antidrogas de Muriaé, Raquel Nunes de Paula.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Assembleia Legislativa de Minas GeraisFoto: Ricardo Barbosa/ALMG