Brum e Comitê de Saúde defendem em Brasília projeto do Hospital Geral

PTB Notícias 30/06/2011, 16:57


Na última quarta-feira, 29/06/2011, o prefeito Carlos Brum (PTB-RS), acompanhado de uma comissão de autoridades alvoradenses e da região do Vale do Gravataí participou, em Brasília, de uma agenda como o ministro da Saúde, Alexandre Padilha que teve como pauta a implantação do Hospital Geral do Vale do Gravataí.

Precedendo o encontro, aconteceu na segunda-feira (27), na Câmara de Vereadores de Alvorada, uma reunião do Comitê de Trabalho do Vale do Gravataí que discutiu o projeto apresentado ao ministro Alexandre Padilha e formou a comissão que viajou.

Além do prefeito, as seguintes autoridades foram a Brasília: vereadora Nadir Machado, presidente da Comissão de Saúde na Câmara de Alvorada; secretario municipal de Saúde Isac Batista, o presidente da Câmara Neto Girelli, Terezinha Rodrigues presidente do Conselho Municipal de Saúde, vereadores professor Borba, Gerson Luís da Silva e professor Serginho.

Na oportunidade ficou agendada para o dia 15 de Julho às 18 h a realização de uma audiência pública para discutir, com a comunidade, a implantação do Hospital que vai atender a população dos municípios de Alvorada, Cachoeirinha, Viamão, Gravataí, Glorinha e Taquara.

O Hospital Regional do Vale do Gravataí terá 350 leitos, conforme projeto elaborado pela Prefeitura de Gravataí em parceria com municípios da região, sendo 100% dedicado à obstetrícia de baixo risco para Gravataí e Glorinha, atendimento da obstetrícia de alto risco para toda a região, de procedimentos de trauma de média complexidade da região, alta complexidade em traumato-ortopedia, para a região, atendimento em cirurgia geral eletivo, clínica médica, pediatria e psiquiatria para o município de Gravataí e Glorinha, neurocirurgia em média e alta complexidade para a região.

No setor de tratamento intensivo (UTI) serão disponibilizados 30 leitos para adultos, 10 para pediatria, 10 para neonatal.

Contará ainda com ambulatório para seguimento e suporte de especialidades conforme referências regionais em gestação de alto risco, traumato-ortopedia, reabilitação física e neurocirurgia.

Outro ambulatório terá abrangência microrregional para especialidades clínicas, cirúrgicas, gineco-obstétrica e sub-especialidades pediátricas.

Mais os serviços de tomografia computadorizada, radiologia convencional e contrastada, endoscopias, laboratório clínico, hemodinâmica, eletrofisiologia ecografias e medicina nuclear.

Agência Trabalhista de Notícias, (IS) com Informações da Prefeitura de Alvorada