Câmara de São Caetano garante planejamento do prefeito José Auricchio

PTB Notícias 12/06/2007, 12:04


Com um cheque em branco em mãos – a Câmara aprovou remanejamento de 100% do Orçamento – e admitindo que as diretrizes se manterão praticamente as mesmas até o final do mandato, o prefeito de São Caetano (SP), o petebista José Auricchio Júnior, afirma que a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), aprovada pelo Legislativo, reitera seu tripé de governo: Saúde, Educação e Infra-Estrutura Urbana.

“Dizer que a lei está direcionada da mesma forma que a de 2006 é correto, até porque no próximo ano também será assim.

Comecei com esse planejamento e vou concluí-lo.

Me comprometi e é isso que tem dado resultado, é isso que a população quer, portanto, não vou mudar”, reforça o prefeito petebista.

As críticas por parte da oposição, com relação às mudanças no projeto que determinará as diretrizes da Peça Orçamentária deste ano são, segundo Auricchio, “absolutamente retóricas e partem daqueles que não têm sobre o que reclamar”.

“Nem pode ser uma cópia idêntica da outra lei na medida que existem modificações de tipos de despesas.

Falar isso é menosprezar o trabalho da equipe técnica que executou esse trabalho.

É um equivoco.

“A manutenção de 100% de remanejamento por parte do prefeito nas dotações orçamentárias das secretarias também foi alvo de descontentamento da oposição, favorável a apenas 30%.

Auricchio afirma não ser a hora oportuna para a discussão do remanejamento, que será debatido quando da formulação do Orçamento.

Ele, no entanto, defende que essa autonomia, além de legítima, não prejudica o destino dos montantes previamente discutidos para cada Pasta.

“A peça passa pela Câmara.

As prioridades estão estipuladas no PPA (Plano Plurianual), a LDO as confirma e o Orçamento as direciona.

Isso faz parte do jogo democrático.

” fonte: Jornal Diário do Grande ABC (SP)