Camargo encontra-se com setor hoteleiro para discutir projeto de diárias

PTB Notícias 6/09/2011, 15:27


O deputado Fabio Camargo (PTB) ouviu nesta segunda- feira(5) parte dos representantes do setor hoteleiro que apresentaram uma alternativa para o projeto de lei que regulamenta as diárias de hotéis no Paraná.

Na reunião, a proposta sugerida foi o check-in progressivo.

O hóspede que sair depois do meio- dia ou o horário estendido para permanência ficará sujeito a uma taxa de até 10% por hora do valor da diária cobrada.

Se passar 5h do horário, pagaria meia diária, por exemplo.

A medida já é aplicada em estabelecimentos de hospedagem no estado da Bahia.

“Recebi muitos questionamentos do projeto original.

Por isso, resolvi ouvir o lado dos empresários.

Não quero prejudicar o empresariado e nem o consumidor.

Acho que o diálogo levará a um bom entendimento.

Mas ainda é cedo para tomar alguma decisão.

Vamos ouvir mais sugestões”, analisou o deputado petebista.

O projeto original previa que as diárias em hotéis, pousadas, pensões e casas de repouso e similares passariam a vencer a cada 24 horas, comprovadamente, a partir do momento de ingresso dos hóspedes no estabelecimento.

A medida gerou debates acalorado, depois de passar por análise da CCJ(Comissão de Constituição de Justiça) e em votação em primeira discussão, no plenário da Assembleia.

Na segunda votação, O deputado Nereu Moura(PMDB) encaminhou uma emenda supressiva para a CCJ, na semana passada.

Nesta segunda, o relator do projeto, deputado Evandro JR(PSDB), adiou a análise durante a sessão da comissão.

O presidente dos sindicatos de hotéis do Paraná, Marco Antônio Fatuch, analisou como positivo o encontro.

“Da maneira que está onerará o consumidor.

Teríamos que contratar mais funcionários.

Aumentariam as despesas e a diária teria acréscimo.

Pelo que foi apresentado ao deputado, beneficia ambos os lados”.

Ivana Souza – Agência Trabalhista de Notícias, com informações da assessoria de imprensa do deputado Fabio Camargo