Campos Machado apóia campanha de Mozarildo para liderar maçonaria

PTB Notícias 19/02/2008, 8:26


O candidato a Grão-Mestre Geral do Grande Oriente do Brasil, uma espécie de Presidente Nacional da Maçonaria, senador Mozarildo Cavalcanti, depois de receber apoio integral na Assembléia Legislativa de São Paulo do deputado Campos Machado, Presidente Estadual e Secretário-Geral da Executiva Nacional do PTB, foi recebido, na última sexta-feira, 15/2, pelo Presidente da Ordem dos Advogados (OAB-SP), Luiz Flávio Borges D`Urso, que além de apoiar a candidatura do Senador, realizará, nos próximos dias, um Seminário para discutir o assunto com advogados Maçons do Estado de São Paulo.

“É importante termos no comando da Maçonaria homens de bem, que tenham expressão na sociedade brasileira”, ressaltou D`Urso.

A eleição será realizada, em todo o País, no próximo dia 8 de março.

Se eleito, Mozarildo será o sexto senador a ocupar a cadeira, desde 1822.

Cargo que já foi ocupado por José Bonifácio, Dom Pedro I, entre outros.

“Minha plataforma contempla, principalmente, a reinserção da Ordem no cenário nacional, dando maiores oportunidades aos Irmãos de participarem das grandes decisões do País, inclusive na política”, afirma o Senador.

Mozarildo tem como plataforma, entre outras, a criação de uma rede nacional de ensino; amplo combate à pobreza e à fome; e a criação de canais de TV e Rádio, para tornar a Maçonaria mais compreensiva pela população.

Entusiasmado com a possível eleição do senador, o deputado Campos Machado, filho de Maçon, empreende uma verdadeira cruzada para que no Estado de São Paulo, Mozarildo Cavalcanti tenha uma expressiva votação.

“O Senador tem uma história de vida invejável como político e médico, é um homem que merece ocupar mais esta função, que em nível nacional fortalecerá a relação entre todos os Grandes Orientes Estaduais, e quem vai ganhar com isso, sem dúvida, será o nosso País”, afirmou o líder petebista.

No comando da campanha do Senador Mozarildo Cavalcanti, no Estado, está o empresário Romeu Bonini, ex-Grão Mestre do Grande Oriente de São Paulo.

fonte: site do deputado estadual Campos Machado (PTB-SP)