Campos Machado e D´Urso participam de lançamento da campanha contra crack

PTB Notícias 15/04/2012, 12:39


Com o auditório lotado e muita gente sem conseguir entrar, foi lançada, na última quarta-feira (10/4/2012), na Assembleia Legislativa de São Paulo, a campanha “Crack.

Independência ou Morte”, uma iniciativa do Sepex-SP (Sindicato das Empresas de Publicidade Exterior do Estado de São Paulo), com o apoio do deputado estadual Campos Machado, Líder da bancada do PTB.

A solenidade foi aberta pelo presidente da Casa, deputado Barros Munhoz.

O objetivo da campanha, de acordo com o publicitário Agnelo Pacheco, que desenvolveu as peças publicitárias, é chamar a atenção da sociedade para o problema sério que é a dependência do crack, um subproduto do refino da cocaína.

O publicitário informou que esta é a maior campanha social com mídia externa já realizada no país.

Serão espalhados por todo o Estado, menos na Capital, onde são proibidos por lei, mil cartazes (outdoors) com o tema da campanha.

Outros 40 painéis serão afixados nas rodovias paulistas e ficarão em exibição até o final do ano.

Em seu primeiro discurso público depois de assumir a presidência da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), o ex-governador de São Paulo José Maria Marin classificou a dependência da droga como uma “desgraça” e se comprometeu a apresentar hoje em Brasília, na Comissão de Esporte de Turismo da Câmara Federal, as bases da campanha.

“Vou apresentar à Câmara a iniciativa tomada pelo deputado Campos Machado.

Antes de tudo, esta campanha do Campos é de solidariedade”, resumiu o presidente da CBF, que também é presidente de honra do PTB Esporte.

Segundo o presidente da OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional São Paulo), Luiz Flávio Borges D”Urso, a entidade fará o que for possível para alertar a população e as autoridades para o tamanho do problema.

“Vamos trabalhar juntos com esta Casa, com o governo, com os esportistas, com a sociedade para dizer não ao crack”.

Último a discursar, o deputado Campos Machado fez questão de ressaltar que “as estrelas principais da campanha são o Rodovalho (Sepex) e o Marcelo (Central de Outdoor), que imediatamente se mobilizaram para abrir o espaço necessário para campanha.

Sem eles não estaríamos aqui.

Todos somos coadjuvantes.

Os dois já me falaram que vão levar a campanha para todo o país.

O crack é um tsunami social, que desestabiliza a família, além de destruir a vida do dependente”.

Fonte: site do deputado Campos Machado