Campos Machado garante Frank Aguiar como vice em São Bernardo (SP)

PTB Notícias 11/06/2011, 7:05


O presidente estadual do PTB de São Paulo, deputado Campos Machado, saiu do gabinete do vice-prefeito de São Bernardo, Frank Aguiar (PTB), anteontem, 09/06, com uma certeza: a dobrada do cantor petebista com o chefe do Executivo, Luiz Marinho (PT), está garantida para a disputa da reeleição ao Paço no ano que vem.

A confiança se deu após falar com o prefeito rapidamente no telefone.

“Só precisei ouvir uma frase.

Ele disse: “Campos, está tudo bem, pode ficar tranquilo’.

Não precisa dizer mais nada.

Palavra dada é flecha lançada”, ressaltou o líder paulista do PTB.

“em time que está ganhando não se mexe”, completou.

Campos Machado saiu da Capital rumo a São Bernardo com um plano B na manga, caso o retorno da conversa com Frank e Marinho fosse negativo.

“Está descartado.

Já esqueci qual era o plano B.

Voltou feliz.

” A posição de vice na chapa petista é cobiçada por vários partidos e pode ser usada pelo PT para atrair aliados.

Caso isso acontecesse, a segunda possibilidade do PTB seria lançar chapa própria ao Paço, num processo que envolve o objetivo de estar em 500 candidaturas majoritárias, como prefeito ou vice, nas 645 cidades do Estado de São Paulo.

Frank corroborou com a análise de Campos, de que a função está garantida para o pleito de 2012.

“Nunca tive nenhum desconforto com Marinho.

Somos amigos, irmãos, confiáveis.

Espero que não aconteça um tsunami.

Não temos intenções de lançar plano B.

” Além do “fortíssimo apelo popular” do vice-prefeito, como frisou o presidente estadual da legenda, o PTB formará chapa com 40 candidatos a vereador para fazer “duas ou três cadeiras, com 40 mil a 50 mil votos”, segundo Frank, que preside o partido em São Bernardo.

A sigla tem se reforçado, com a chegada de novos nomes indicados por integrantes do primeiro escalão da Prefeitura.

É o caso do ex-vereador Ramon Ramos, que deve deixar o DEM.

Partido estará em chapa majoritária nas sete cidades Ao dar como certa a manutenção do PTB na candidatura de Luiz Marinho em 2012, Campos Machado anunciou, de quebra, que o partido estará em chapa majoritária nas sete cidades da região.

“Nosso projeto é ambicioso.

Não há hipótese contrária à essa.

O número 14 é sempre vagão, vai ser locomotiva quando?”, indagou.

Em Santo André, o prefeito Aidan Ravin buscará a reeleição.

Em São Caetano, José Auricchio Júnior (PTB) indicará o sucessor da legenda.

Diadema terá uma ex-secretária e atual dirigente sindical como candidata, mas o nome não foi revelado.

Mauá terá o vereador Irmão Ozelito, que está no PSB.

Ribeirão Pires terá o parlamentar Antonio Muraki (PTB).

E Rio Grande da Serra terá a sigla na vice o indicado pelo prefeito Adler Kiko Teixeira (PSDB).

Além disso, na Capital também terá pleiteante petebista à prefeitura.

O presidente da OAB paulista, Luiz Flávio Borges D’Urso, será filiado dia 6 de agosto em grande festa.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Diário do Grande ABC