Campos Machado propõe vigília cívica no julgamento de Roberto Jefferson

PTB Notícias 27/07/2012, 14:31


Acolhendo sugestão feita na Convenção Nacional do PTB, o presidente do Diretório do PTB de São Paulo e secretário-geral da Executiva Nacional, deputado Campos Machado, está conclamando os petebistas e os trabalhistas do país para uma “Vigília Cívica”, durante o julgamento do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, que terá início no Supremo Tribunal Federal (STF), a partir da próxima quinta-feira (02/8/2012).

A “Vigília Cívica” proposta deverá ser feita pelos trabalhistas e petebistas brasileiros, e envolve ainda os sindicatos e entidades representativas ligados ao PTB, podendo ser feita também nas prefeituras, Câmaras Municipais, igrejas, por cartas, orações e manifestações nas ruas e praças.

De acordo com Campos Machado, o objetivo é mostrar que seria um descalabro a punição de um denunciante que, equivocadamente, se viu transformado em réu.

“O que deveria ser considerado um ato de coragem e de dignidade, contrariando toda a sensatez, terminou por ser rotulado como uma prática delituosa”, disse.

A absolvição de Roberto Jefferson, para o líder do PTB paulista, não deve vir por “insuficiência de provas, as quais não existem, mas por absoluta inexistência de crime”.

Agência Trabalhista de Notícias (NM), com informações do site do deputado estadual Campos Machado (PTB-SP)Foto: Divulgação