Canziani afirma que emenda para educação não pode sofrer cortes

PTB Notícias 27/04/2011, 14:45


A direção da recém-criada Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional vai realizar um trabalho intensivo para aumentar o volume de emendas parlamentares no Orçamento da União.

A informação é do presidente do colegiado, deputado federal Alex Canziani (PTB-PR), que na manhã desta quarta -feira (27/04) fez a instalação oficial do grupo, em uma solenidade que reuniu 141 pessoas na Câmara dos Deputados.

Canziani disse que a Educação é hoje o terceiro Ministério em volume de emendas parlamentares.

Em 2011, deputados e senadores emendaram R$ 1.

849.

626.

831,00, o que já é bem superior aos R$ 733.

930.

891,00 de 2010 e aos R$ 727.

389.

343,00 de 2009.

“Se queremos que o país cresça temos que investir significativamente na educação”, declarou o parlamentar paranaense na abertura dos trabalhos.

“E se tem emenda que não pode sofrer cortes ou contingenciamento de recursos são também as da educação.

“ADESÕES – Para agilizar as ações, a frente vai se reunir regularmente.

Pelo menos 350 deputados e 10 senadores já aderiram à causa.

O colegiado pretende buscar, de modo contínuo, a inovação da legislação necessária à promoção de políticas sociais e econômicas eficazes para uma educação de qualidade, que, inclusive, influa no processo legislativo a partir das comissões temáticas existentes no Congresso Nacional.

Além disso, a frente vai promover debates, simpósios, seminários e outros eventos pertinentes ao exame da política voltada para uma educação de qualidade.

Também é intenção da frente contribuir para possibilitar a implantação de projetos e programas do Governo Federal.

PNE – Os deputados e senadores do colegiado também vão discutir o novo Plano Nacional de Educação, que vai vigorar até 2020.

Alex Canziani disse que a frente também vai abranger causas da área, como a valorização das instituições educacionais e dos professores, e inclusive aprofundar discussões de temas pertinentes, como a violência nas escolas e o combate ao bullying, que são os assuntos do momento.

PRESENTES – Entre os parlamentares, participaram da solenidade e da mesa dos trabalhos a presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara, Fátima Bezerra (PT-RN), o vice-presidente da comissão, Lelo Coimbra (PMDB-ES); e o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), que é membro da Comissão de Educação do Senado Federal.

Agência Trabalhista de Notícias (PB), com informações do site Deputado Alex Canziani