Carlos Dunga assume vaga na licença de Cícero Lucena

PTB Notícias 3/04/2008, 8:18


Tomou posse em Plenário nesta quarta-feira (2) o suplente do senador Cícero Lucena (PSDB-PB), Carlos Dunga (PTB-PB).

A troca aumenta a bancada do governo e reduz a da oposição.

Cícero Lucena pediu uma licença do mandato por 121 dias.

Ao saudar, da tribuna, o novo senador, o líder do PTB, Epitácio Cafeteira (MA), enfatizou que os outros sete senadores do partido prestigiavam sua posse.

Lembrou que, quando foi escolhido líder, a bancada tinha apenas quatro senadores.

Afirmou serem todos “homens simples” empenhados em fazer seu trabalho, dando continuidade à história do partido fundado por Getúlio Vargas.

Em seu discurso de posse, Carlos Dunga – que até recentemente ocupava a Casa Civil do governo da Paraíba – lembrou seu passado de homem simples, como caminhoneiro e professor, e de político, tendo sido vice-prefeito e prefeito de Boqueirão (PB); deputado estadual por quatro mandatos (de 1983 a 1999); e deputado federal, de 1999 a 2003.

Seu filho Carlos Dunga Júnior é deputado estadual.

Disse que sentia “um misto de reconhecimento e orgulho” agora como senador, “ao lado de ex-presidentes, governadores e outros senadores e senadoras de grande experiência”.

Carlos Dunga afirmou que lutará por mais recursos para o estado, que vem cumprindo rigidamente o plano de ajuste fiscal assinado com o governo federal.

Destacou, entre as ações do estado, a ampliação da Universidade Estadual da Paraíba; o programa de distribuição de leite no estado, com 120 mil litros por dia; e, em parceria com o governo federal, a duplicação da BR-101.

Em aparte, os senadores Arthur Virgílio Neto (PSDB-AM), Fernando Collor (PTB-AL), Rosalba Ciarlini (DEM-RN) e Romeu Tuma (PTB-SP) desejaram boa sorte no cumprimento do mandato.

Cafeteira, também em aparte, anunciou sua indicação para integrar a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA).

Na presidência da sessão, o senador Efraim Morais (DEM-PB) parabenizou Carlos Dunga e suspendeu a sessão por cinco minutos para cumprimentos ao novo senador.

fonte: Agência Senado