Casa do Servidor de Juiz de Fora é modelo para mais uma cidade mineira

PTB Notícias 8/02/2008, 10:30


A Prefeitura de Ribeirão das Neves é a terceira de Minas Gerais a implantar projetos direcionados aos funcionários municipais baseados na Casa do Servidor da Prefeitura de Juiz de Fora.

Desde a realização do 1º Seminário Estadual de Serviços de Assistência da Saúde dos Servidores, em março de 2007, promovido pela Secretaria de Administração e Recursos Humanos, por meio da Subsecretaria de Pessoas/DAMOR, outras duas cidades já desenvolveram trabalhos semelhantes: Montes Claros e Itabirito.

Este fato comprova o destaque do comprometimento da administração do prefeito Alberto Bejani (PTB/MG) com o funcionalismo público.

A gerente de saúde do trabalhador da Prefeitura de Ribeirão das Neves, Denise Aleixo Avelar, conta que o prefeito da cidade, Walace Ventura, já apresentava uma preocupação em realizar serviços para atender à saúde dos funcionários.

“Criar iniciativas como da Prefeitura de Juiz de Fora garante o bem-estar do servidor, dentro e fora do ambiente de trabalho.

Como analogia a Casa do Servidor, buscamos criar um departamento responsável por esses projetos”.

Na opinião da gerente, o trabalho desenvolvido pela PJF é muito positivo.

“Acho que o servidor de Juiz de Fora tem um atendimento típico de primeiro mundo”, afirma.

Ela destacou, ainda, o sucesso do programa Saúde Servidor.

“É um avanço que coloca Juiz de Fora bem à frente de outros municípios”, acredita.

Segundo o chefe de Departamento de Ambiência Organizacional (Casa do Servidor), Luiz Carlos Torres, a experiência de Juiz de Fora no setor é precursora e isso já é um efeito positivo gerado pelo seminário.

“É um serviço que acolhe o servidor em suas necessidades.

Seja ela psicológica, social ou médica.

E, dentro das possibilidades, procura dar soluções humanas para problemas humanos”, defende.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da PJF)