‘Case de Luziânia irá sanar falta de vagas no Entorno do DF’, diz Arantes

PTB Notícias 20/12/2013, 16:46


O secretário de Cidadania e Trabalho de Goiás, Henrique Arantes (PTB), anunciou que a reforma do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Luziânia já está concluída.

Com isso, cerca de 40 vagas, antes interditadas serão liberadas.

Para Henrique Arantes, a reforma da unidade vai sanar a falta de vagas para internação de adolescentes em conflito com a lei, na região do Entorno do Distrito Federal.

Na quinta-feira (19/12/2013), o engenheiro da Agetop, Nilson Antônio, concluiu a vistoria da obra.

Ainda resta a apresentação do relatório de vistoria da Agência Goiana de Transporte e Obras (Agetop), para que a unidade seja liberada.

De acordo com o coordenador do Case de Luziânia, Júlio César Gama da Silva, a atual estrutura reformada comporta, ao todo, 60 alojamentos (50 masculinos e 10 femininos) divididos em seis alas.

Hoje, a unidade mantém 24 jovens (23 meninos e 1 menina) internos.

Segundo o coordenador, a obra foi reforçada para que a unidade esteja enquadrada e adequada conforme a legislação.

“Por causa da estrutura antiga, muitas fugas aconteciam.

Mas agora, além de funcionar como um sistema de ressocialização, o Case também passa a representar segurança ao município e região”, comentou Júlio César.

De acordo com o secretário Henrique Arantes, o governo de Goiás está trabalhando para cumprir os requisitos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) quanto ao processo de ressocialização de jovens em conflito com a lei.

Em andamentoSegundo informações do Grupo Executivo de Apoio a Crianças e Adolescentes (Gecria), outras unidades também estão em obras ou passam por processo de licitação, como o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Anápolis.

O Centro de Recuperação de Adolescentes de Itumbiara (CRAI), por exemplo, também está em fase de conclusão e comportará 20 vagas.

No Case de Formosa as obras de reforma estão em andamento e terá 80 alojamentos (66 masculinos e 14 femininos).

No norte do Estado, as obras no Centro Educacional de Internação de Porangatu (CEIP), com capacidade para 10 vagas, também já foram finalizadas.

Em Goiânia, o Case do conjunto Vera Cruz também passa por ampliação de sua estrutura e terá 22 novos alojamentos.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Secretaria de Cidadania e Trabalho de GoiásFoto: Secretaria de Cidadania e Trabalho de Goiás