Cassiá quer que partidos aliados definam prazo para deixar o governo

PTB Notícias 10/04/2007, 7:53


O deputado estadual Cassiá Carpes, do PTB gaúcho, defendeu ontem que os partidos aliados que pretendem estabelecer candidaturas próprias à Prefeitura de Porto Alegre definam prazo para deixar o governo municipal.

“Quem entender que dispõe de candidato melhor que o prefeito José Fogaça deve deixar a administração até, no máximo, o final do ano, o que já é muito.

Caso contrário, será vergonhoso”, destacou o deputado petebista.

Cassiá disse que o PTB, partido do vice-prefeito Eliseu Santos, manterá a postura apresentada em administrações nas quais tomou parte, defendendo a continuidade do governo.

Caso Fogaça desista de concorrer, o partido não deverá sustentar outro candidato, mesmo sendo da base aliada.

“Nos preparamos para defender a manutenção do projeto político que ajudamos a eleger.

Se houver outra configuração de chapa, as coisas serão diferentes e deveremos partir para candidatura própria”, projetou.

O deputado do PTB gaúcho defendeu ainda o realinhamento das relações entre os aliados.

Segundo ele, Fogaça repete em sua administração fenômeno que era objeto de críticas às gestões do PT.

‘Fogaça criticava a existência de feudos políticos, o que acabou se repetindo, agora, pela convivência de muitos partidos.

O resultado é que, hoje, em cada secretaria existe um prefeito em potencial’, disse.

Com o estabelecimento de candidaturas paralelas, destacou, a desarmonia tende a se agravar e as realizações do governo, por dificuldades de comunicação, chegarão ainda mais opacas à opinião pública.

fonte: site do PTB – RS