Catanduva (SP): Crippa toma a frente de movimento de alunos de supletivo

PTB Notícias 10/11/2014, 7:50


O presidente da Câmara Municipal de Catanduva (SP), Marcos Crippa (PTB), tomou a frente de movimento realizado por alunos do supletivo da Escola Claudiomar Couto contrários à transferência da turma para outra unidade escolar.

Os cerca de 100 estudantes produziram um abaixo-assinado no qual pedem a permanência do curso na unidade escolar do completo do CAIC, no Solo Sagrado.

Os alunos levaram o documento ao presidente da Câmara e argumentaram a permanência no local.

“Conforme eles relatam, essa iniciativa estará acarretando prejuízos, considerando que estão ali desde a primeira série de alfabetização, conhecem todo o corpo docente e que, com a mudança, terão subtraídos benefícios que necessitam continuar a receber”, explicou Crippa.

Os alunos também relataram ao vereador dificuldades que terão que enfrentar caso a mudança se concretize, dentre as quais a falta de local de acolhimento para os filhos no horário de aulas, dificuldades de transporte, já que hoje estão organizados em grupos para transporte até a escola, jantar, material didático e uniforme completo.

“Eles alegam que a mudança criará um número importante de obstáculos que, diante da realidade vivenciada por cada um em seus cotidianos, culminarão na necessidade do abandono dos estudos”, completou Crippa.

ProvidênciasApós receber um grupo de cinco estudantes que representam o movimento, o vereador Marcos Crippa elaborou requerimento ao prefeito Geraldo Antonio Vinholi (PSDB) pedindo para que sejam realizados estudos sobre a possibilidade de manter as aulas do supletivo na escola do Solo Sagrado.

O documento já foi aprovado em plenário e seguiu para a prefeitura.

A intenção do vereador é viabilizar uma reunião com a secretária municipal de Educação, Vera Lúcia Massoni Xavier da Silva, para que os alunos possam levar pessoalmente suas reivindicações a secretária.

Crippa também tentará agendar reunião da comissão com o prefeito Geraldo Vinholi.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal O Regional Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Catanduva