Cavalcanti denuncia má gestão do Hospital Universitário de Petrolina

PTB Notícias 22/10/2015, 17:58


O deputado Adalberto Cavalcanti (PTB-PE) denunciou, em discurso no plenário da Câmara dos Deputados, o mau atendimento e o descaso com os pacientes no Hospital Universitário de Petrolina (PE).

O hospital era administrado pela Prefeitura de Petrolina, mas, em 2013, foi repassado à Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

“Fiquei perplexo com o funcionamento daquela unidade hospitalar, gerida pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares.

Fiz uma visita àquela instituição.

Vi o clamor da população e a revolta com os maus-tratos dos enfermos internados naquele hospital, que enfrenta uma grave crise.

Chegava ao ponto de 65 pacientes estarem à espera de uma cirurgia ortopédica”, destacou Cavalcanti.

De acordo com o deputado, quando o hospital era administrado pelo município, com receita de R$ 2,12 milhões, funcionava melhor que nos dias atuais.

“Hoje, a receita é o dobro desse valor – R$ 4 milhões.

Isso mostra a má administração do dinheiro público, já conhecida pelo Tribunal de Contas da União”, ressaltou.

Ainda segundo o parlamentar, foram comprados aparelhos de alto custo, que não funcionam por falta de funcionário especializado, levando o hospital a realizar exames de rotina na iniciativa privada, o que torna os custos mais elevados.

“Chamo atenção dos ministros da Saúde e da Educação, para que intervenham para que haja melhores condições e respeito aos seres humanos no Hospital Universitário de Petrolina”, concluiu.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria da Liderança do PTB na Câmara dos DeputadosFoto: João Ricardo/Liderança do PTB na Câmara