Célia Rocha denuncia ausência do Poder Público no combate às drogas

PTB Notícias 22/09/2011, 7:36


A deputada Celia Rocha (PTB-AL) afirmou nesta quarta-feira, 21/09, que foi constatada ausência quase total do Poder Público no tratamento de dependentes químicos em Alagoas.

A declaração foi dada durante apresentação de relatório sobre a situação do narcotráfico e prevenção ao uso de drogas no estado, feita em audiência pública da Comissão Especial de Políticas Públicas de Combate às Drogas da Câmara Federal.

“Só existem 25 comunidades acolhedoras conveniadas com o estado, que disponibilizam 700 vagas para tratamento de dependentes químicos.

Além disso, o hospital estadual Portugal Ramalho oferece 27 leitos para tratamento de dependentes que ficam juntos com outros doentes”, disse Célia Rocha.

As deputadas Célia Rocha e Rosinha da Adefal (PTdoB-AL) trabalharam em conjunto na elaboração do relatório e destacaram que essa é uma oportunidade para fortalecer as comunidades terapêuticas, que são na maior parte delas mantidas por entidades religiosas.

Elas afirmaram que essas instituições oferecem espaços para acolher jovens para tratamento da dependência química, onde o Poder Público não está presente.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Agência Câmara