Célia Rocha lança rede de serviços para ampliar economia de Arapiraca

PTB Notícias 25/07/2013, 7:37


Na terça-feira (23/7/2013), foi definida a chegada de empreendimentos em Arapiraca (AL) que devem alavancar o comércio local.

Em encontro realizado na Sala de Reuniões, no Centro Administrativo Antônio Rocha, a prefeita Célia Rocha (PTB) comemorou a vinda da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), que deve dinamizar ainda mais o mercado no município.

Ademais, juntamente com a Redesim, em setembro deste ano, será lançada a Casa do Empreendedor, que deve ficar na Casa do Trabalhador, no bairro do Centro, onde haverá três instituições bancárias, uma sala de consultoria, outra do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Arapiraca (Sebrae/Arapiraca) e outras para dúvidas dos microempresários, além do Telecentro.

Estavam na reunião, afora a prefeita, a secretária Municipal de Indústria, Comércio e Serviços (Semics), Myrka Lúcio; a adjunta da Semics, Sandra Alves; a secretária de Economia e Finanças, Rosa Lira; a coordenadora da Vigilância Sanitária Municipal, Valquíria Bastos; o gerente regional do Sebrae, Aristides Minervino, com sua equipe; e o presidente da Junta Comercial do Estado de Alagoas (Juceal), José Lages Júnior, além de seu grupo de articulação.

De acordo com Célia Rocha, um servidor efetivo da prefeitura será capacitado tecnicamente para poder gerenciar a Redesim na cidade.

“Arapiraca será o “piloto” neste sentido, sendo exemplo para outros municípios”, adianta José Lages Júnior.

Aliado a isto, o portal Facilita Alagoas, uma plataforma desenvolvida pela própria Juceal, deve ajudar para desburocratizar os processos de abertura e alteração de empresas em Alagoas, gerando segurança e agilidade para o empreendedor e o poder público.

Com o portal, que é uma forma de incentivo para regularização dos empreendedores, diminuindo o mercado informal, vindo a estimular o crescimento da economia em Alagoas, uma empresa é registrada e licenciada em um prazo de 72 horas.

Desta feita, haverá redução de custos para os empresários locais, por conta desta diminuição da burocracia, e a Prefeitura de Arapiraca terá mais controle de empreendimentos que surgirão a partir da implantação da Redesim.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Tribuna Hoje