Chico Galindo planeja disputar cadeira na Assembleia do Mato Grosso

PTB Notícias 25/12/2013, 21:05


O PTB está muito próximo de se aliar em definitivo ao governo da presidente Dilma Rousseff (PT) e do seu arco de alianças o que deverá mexer com a sucessão nos Estados, inclusive em Mato Grosso, tanto que o ex-prefeito de Cuiabá, Chico Galindo, presidente do Diretório Regional e da Fundação Instituto Getúlio Vargas que participa das negociações sinaliza pela manutenção de sua candidatura a deputado estadual.

“Tenho participado das reuniões com todas as lideranças do bloco de apoio a presidente Dilma Rousseff que é liderado pelo presidente nacional do PT, Rui Falcão e caso o partido seja contemplado com um cargo no primeiro escalão (Ministério do Turismo) a indicação unânime do partido é pelo nosso presidente, Benito Gama, mas não fazemos imposições, apenas queremos participar e reconhecemos a necessidade de se articular com todos partidos aliados”, explicou Galindo, que é ventilado para assumir a secretaria-geral do Ministério.

.

Ele lembrou que as articulações em prol do processo de reeleição da presidente Dilma, passam necessariamente pelo fortalecimento dos partidos nas disputas regionais e principalmente na eleição de deputados federais e estaduais, o que está exigindo toda uma articulação com os partidos aliados para que cada realidade de cada Estado seja contemplada.

“Queremos e vamos pleitear um cargo majoritário nas alianças em discussão em Mato Grosso e temos nomes de peso como Luiz Antônio Pagot e Serys Marli que podem aglutinar força e serem decisivos nas composições que desejamos consolidar no processo eleitoral e com repercussão na eleição presidencial”, admitiu Chico Galindo preferindo manter seu nome para disputar uma vaga de deputado estadual.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal O Documento