Chico Galindo visita maior fábrica de suplemento mineral do oeste do país

PTB Notícias 30/04/2010, 11:39


“Estou realmente impressionado com esse empreendimento, que delineia um quadro promissor de investimentos progressivos ao longo dos próximos anos.

Parabéns aos mentores desta obra empresarial tão significativa para o Município de Cuiabá e Mato Grosso”.

Assim se pronunciou nesta última quinta-feira (29-04) à tarde o prefeito de Cuiabá, Chico Galindo, após percorrer as instalações da Matsuda – Sementes e Nutrição Animal na Rodovia dos Imigrantes, Km 8,5, no Coxipó (Capital), em companhia do empresário Jorge Matsuda, presidente da empresa, e do secretário de Comunicação Social da Prefeitura, Flávio Garcia.

Numa extensa área a Matsuda concentra os galpões da segunda maior unidade produtiva de suplemento animal do Brasil, exportadora de sementes de pastagem tropical para 21 países, e maior cliente individual da Vale (Bunge/Serrana), informou o gerente Ricardo Mitsunaga.

Galindo fez questão de conhecer cada detalhe do processo operacional/produtivo da empresa, o que incluiu a sala de comando computadorizado e as diversas alas de produção automatizada e armazenagem da matéria prima, além do setor administrativo.

ele garantiu que o espírito empreendedor de Jorge Matsuda faz a diferença para que sua empresa cresça tanto.

“Jorge Matsuda é um empresário dedicado e competente, meu conterrâneo de Presidente Prudente-SP, onde morei por muito tempo.

Hoje, a Matsuda de Cuiabá é a segunda produtora de sal mineral do Brasil.

E vai ampliar suas atividades na Capital, também produzindo ração para cães, gatos e peixes.

É uma obra de sete mil metros quadrados, que vai gerar cerca de 300 a 400 novos empregos diretos e indiretos.

Sem dúvida, este investimento trará mais riqueza para Cuiabá, de modo que aqui para desejar sucesso ao empresário nesta empreitada.

A Prefeitura de Cuiabá está à sua disposição”, disse Galindo.

Para o empresário Jorge Matsuda, ampliar o mercado produtivo é fundamental para acompanhar o processo desenvolvimentista da Capital e do próprio Estado.

“A Matsuda se encontra em Cuiabá há 15 anos com a maior fábrica de suplemento mineral do Oeste.

Desenvolvemos agora um projeto para ampliar essa produção com rações para cães/gatos e produtos direcionados à saúde animal.

Então, essa base – que hoje produz 800 toneladas/dia de suplemento mineral – será ampliada com uma fábrica de rações.

Serão mais 500 funcionários trabalhando nessa unidade”, revelou.

Ele acrescentou que os investimentos sinalizam que a empresa acredita no potencial mato-grossense de forma concreta, e a perspectiva é projetar mais novidades nesse mercado.

“A Matsuda deu certo e, certamente, a tendência é crescer ainda mais também no Estado de Mato Grosso, com produtos de qualidade e resultados positivos, sempre de acordo com as exigências do produtor.

que acatamos, aliás a qualidade é a nossa meta constante”.

Ao todo, as empresas Matsuda operam no Brasil há 61 anos, com fábricas em Imperatriz do Maranhão (MA), Álvares Machado (SP), São Sebastião do Paraíso (MG), Vitória da Conquista (BA) e Cuiabá (MT).

“Nós movimentamos, somente na unidade produtiva de Cuiabá, 24 mil toneladas/ano, em matéria prima e produtos acabados.

Isto significa um faturamento mensal da ordem de R$ 30 milhões.

Para se ter uma ideia, entre motoristas e caminhoneiros em Cuiabá e Mato Grosso (diretos e indiretos), a Matsuda trabalha com cerca de 1, 5 mil pessoas”, conclui o empresário.

Agência Trabalhista de Notícias com informações da Prefeitura de Cuiabá