Classmann agradece trabalho conjunto dos governos para reparos no RS

PTB Notícias 5/12/2007, 9:32


O deputado estadual Aloísio Classmann (PTB/RS) agradeceu, na sessão plenária desta terça-feira (04/12), o trabalho conjunto dos governos Federal e Estadual no reparo aos prejuízos causados pelos temporais no noroeste gaúcho.

Cerca de 50 mil pessoas foram atingidas por destelhamento de suas casas, centros comunitários, hospitais, CTG”s e agora serão beneficiados com 300 mil telhas para a reconstrução desses locais.

Classmann solicitou ainda a liberação de recursos do Consulta Popular do governo estadual e redução das taxas de juros para a linha de crédito especial do Banrisul aos agricultores gaúchos.

O parlamentar fez um agradecimento especial ao coronel Dalmo Itaboraí dos Santos, da Casa Militar, e ao Coronel Marco Aurélio Forlin, da Defesa Civil, que percorreram toda a região Celeiro, Grande Santa Rosa e Missões, juntamente com representantes do Ministério da Integração Nacional, para apurar os prejuízos.

O governo do Estado entregará 100 mil telhas e outras 200 mil serão provenientes do governo federal, beneficiando diretamente 50 mil pessoas.

O petebista agradeceu também o apoio de deputados estaduais, federais e senadores gaúchos.

“Foi realmente um mutirão de solidariedade porque essas pessoas ficaram realmente prejudicadas e o Governo cumpriu seu papel”, disse ele.

Classmann solicitou a liberação de recursos do governo do Estado, por meio da Consulta Popular, para que a região receba também assistência nas áreas da saúde, educação e agricultura.

Ele relatou uma audiência que teve nesta manhã com o vice-presidente do Banrisul, Rubens Bordini, sobre a linha de crédito especial aos agricultores, que prevê o parcelamento do financiamento em 36 meses.

” Pedimos a redução de 1,1% na taxa de juros para 0,7%.

Com a perda parcial da safra, senão total de alguns, na região, será preciso aliviar as condições para estes agricultores”, argumentou.

O deputado pediu ainda a anistia do programa Troca-troca do milho, pois, segundo ele, centenas de agricultores foram atingidos pelo granizo.

“Pedimos ao governo, por meio da Secretaria da Agricultura, a anistia a esses produtores porque eles não tem como pagar.

Outra ação importante é a liberação imediata do milho safrinha para a nossa região”.

Classmann finalizou destacando que na reunião desta manhã foi aprovado pela Comissão de Assuntos Municipais da Assembléia o requerimento de sua autoria para a realização de uma audiência pública, na próxima terça-feira (11/12), para debater com prefeitos, vices e vereadores os prejuízos causados pelos fortes temporais nos últimos meses, e, também, alternativas para os agricultores e vítimas na região Noroeste.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da ALRS)