Classmann propõe ação conjunta para o avanço nas telecomunicações

PTB Notícias 28/06/2007, 7:46


Com a participação de representantes de 150 municípios, a Comissão de Assuntos Municipais da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, presidida pelo deputado estadual petebista Aloísio Classmann, realizou audiência pública conjunta com a Comissão de Participação Legislativa Popular e com a Comissão de Serviços Públicos, para tratar da implantação da torre celular e da expansão da telefonia fixa nos municípios em que não têm acesso a essa tecnologia.

O parlamentar sugeriu a formação de um grupo de trabalho formado por parlamentares das comissões, juntamente com representantes das operadoras de telefonia, do governo do Estado e do Ministério Público para solicitar uma audiência nos mnistérios das Cidades e das Comunicações com o objetivo de buscar recursos para atender as demandas com o serviço de telefonia nos pequenos municípios.

Com o plenarinho da Assembléia repleto de prefeitos, vice-prefeitos, secretários, vereadores e lideranças dos municípios, o deputado Classmann ressaltou que o encontro servirá para traçar estratégias e buscar soluções para atender aos municípios menores que não contam com os serviços de telefonia.

“Temos hoje condições de encontrar alternativas para aqueles cidadãos que pagam seus impostos e deveriam ter acesso à comunicação nos seus municípios”, disse ele.

O presidente lamentou a falta de representantes da agência reguladora do serviço, a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), na audiência e relatou a falta de infra-estrutura para os pequenos municípios.

“Conhecedor da realidade das cidades menores, muitas delas que não possuem sequer acesso asfáltico, estão sendo prejudicadas com a falta deste serviço também.

Precisamos encontrar aqui, juntamente com cada representante, alternativas para retomar o crescimento no nosso Estado”, afirmou.

O petebista, que presidiu a Comissão do Turismo Rural e é autor do projeto de políticas públicas para o incremento do setor, destacou ainda a intenção do Parlamento em incentivar o turismo rural e religioso no Estado, mas lamentou a falta de condições para executar os projetos.

“Como vamos transformar o Rio Grande do Sul no estado do turismo rural e religioso se não temos infra-estrutura para isso?”, questionou Classman.

Prefeitos Representante da Famurs, o prefeito de Igrejinha, Elir Girardi (PTB), destacou sua posição de que a comunicação é um assunto mais abrangente do que apenas ter um aparelho.

“A comunicação é um dos pilares do desenvolvimento.

Queremos viabilizar o serviço, mas temos que analisar com cuidado a questão do lucro benefício para atender a todas aquelas pequenas localidades”, disse ele.

Outros representantes de prefeituras administradas pelo PTB participaram do encontro e manifestaram as dificuldades com a falta do serviço de telecomunicações em seus municípios.

fonte: site do PTB – RS