Claury Santos diz que governo paulista aumentará investimentos em esporte

PTB Notícias 9/07/2007, 10:49


O Estado de São Paulo é o berço atualmente de 70% dos atletas brasileiros inscritos no Pan-americano do Rio de Janeiro 2007.

Devido a essa condição, o governo paulista pretende aumentar os investimentos para continuar oferecendo oportunidades para que novos campeões se revelem.

O objetivo do governo paulista é ampliar o Projeto Futuro, desenvolvido desde 1984 com a proposta de incentivar talentos em modalidades como judô, atletismo e ciclismo.

Esta informação foi confirmada pelo Secretário Estadual de Esporte, Lazer e Turismo do governo de São Paulo, o petebista Claury Santos, no Palácio dos Bandeirantes.

Na ocasião, ao lado do governador José Serra, Claury recebeu quatro atletas que viajam para Ostrava, na República Tcheca, onde disputarão Campeonato Mundial de Atletismo de Menores.

Os quatro são integrantes do Projeto do Futuro.

O secretário Claury disse que serão criados pelo menos mais sete núcleos regionais do Projeto do Futuro numa primeira fase.

“Eles serão instalados em municípios que dispõem de infra-estrutura”, explicou o secretário que não citou as cidades contempladas.

Posteriormente, a idéia é implantar mais 40 núcleos, atingindo cerca de 50 municípios paulistas.

“Estaríamos fazendo nesses locais uma triagem dos atletas em fases municipais, regionais e depois eles seriam encaminhados para São Paulo”, completou Claury, que pertence ao PTB de São Paulo.

Segundo ele, a meta é elevar o número de beneficiados pelo programa dos atuais 150 jovens para cinco mil jovens entre 15 e 22 anos nos próximos meses, sobretudo, em modalidades como judô e atletismo.

A proposta apresentada pelo secretário ganhou um torcedor: o governador José Serra.

“Há coisas que são boas em si, como educação, o esporte e a cultura.

Vale a pena ter, porque acrescentam para a pessoa, mas também pelo fator de integração social de melhora da auto-estima, de ganhar confiança, entre outros”, afirmou o governador José Serra.

Serra comentou também sobre o número de atletas paulistas que representarão o Brasil no Pan do Rio.

“É um motivo de orgulho esse dado e também um desafio porque sabemos que é possível fazer muito mais”, reforçou o governador.

Outro apoio de peso veio de uma atleta que já passou pelo Programa.

“No projeto, aprende-se muito com uma estrutura que a gente não encontra em lugar algum do País”, elogiou a medalhista Maurren Higa Maggi, que conquistou o ouro ao saltar 7,26 metros em Winnipeg, no Canadá no ano de 1999.

Maurren se refere a toda a estrutura oferecida aos atletas pelo Projeto do Futuro no complexo esportivo mantido pelo governo de São Paulo no Ibirapuera, na Capital.

Lá eles contam com acompanhamento psicológico, alimentação, serviço médico, atendimento odontológico, nutricional e fisioterápico.

Também recebem vale transporte.

A Secretaria Estadual de Esporte aplica R$ 58 mil por mês somente com alimentação dos esportistas.

Para ingressar no programa, todos precisam ser indicados pelas Federações Paulista de Natação, Judô e Atletismo e estar matriculados em uma instituição de ensino.

fonte: site do Governo do Estado de S.

Paulo