Cochi começa a organizar o PTB em Santa Catarina para disputar as eleições

PTB Notícias 7/06/2013, 17:40


A primeira reunião regional, em Lages, em 18 de maio passado, marcou a arrancada da operação 2014 do PTB de Santa Catarina.

As principais decisões foram estas: 1) Implantar oito regionais do partido, cada uma delas sob o comando de um coordenador; 2 – Para a eleição de 2014, o partido deverá ter uma nominata de no mínimo 60 candidatos a deputado estadual; 3 – Em municípios com menos de 10 mil eleitores, o PTB não lançará candidato; 4 – Avaliar a possibilidade de filiar lideranças fortes em algumas regiões.

O presidente estadual da sigla, Francisco Camargo (Cochi), explica as decisões.

Cada uma das regionais, que serão em Araranguá, Tubarão, Itajaí, Lages, Caçador, Joinville, Chapecó e Grande Florianópolis, “o partido terá uma liderança forte na coordenação”, que deverão “é claro, realizar um trabalho estruturante na busca de bons resultados em 2014”.

Para formação de “chapa pura” de candidatos à Assembleia Legislativa, o partido, como diz Cochi, “terá no mínimo 60 indicados, com chance de eleger dois, e digo no mínimo, porque na matemática do trabalho temos condições de chegar próximo a um terceiro eleito deputado estadual com o potencial de votos que temos”.

Aquele um a mais na expectativa do dirigente petebista poderá vir com a filiação de algumas lideranças que “considero fortes em suas regiões, como em Balneário Camboriú, Joinville e Criciúma, e só não posso dizer seus nomes porque, além de estarmos de braços abertos para recebê-los, as articulações estão em andamento”.

Nos municípios com menos de 10 mil eleitores, o PTB não pretende indicar candidato “porque eles vão somar em um trabalho regional, ou seja, trabalhar por um candidato com potencial maior na região”.

E faz uma ponderação que ficou clara no primeiro encontro regional: “não vamos exigir um voto a mais daquele candidato que fez 200 ou 300 votos na última eleição, mas exigimos que permaneça com aqueles votos que conquistou, os quais, obviamente, vão representar um percentual a mais nesse nosso trabalho e na metodologia”.

Em relação à indicação a candidaturas a deputado federal, a decisão partidária é construir uma coligação, segundo o presidente.

ReuniãoO PTB catarinense tem 32 vereadores, espalhados nas regiões Oeste (a maioria), Sul, Vale do Itajaí e Lages e cinco vice-prefeitos.

A próxima reunião regional deverá ser em Araranguá ou em Caçador.

A última será na Grande Florianópolis “antes de outubro, devido às filiações”.

Agência Trabalhista de Notícias (NM), com informações do Correio de Santa CatarinaFoto: Divulgação