Collor avalia que fórum de infraestrutura foi destaque dos trabalhos da CI

PTB Notícias 15/12/2014, 16:18


Ao apresentar um balanço das atividades da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) do Senado no biênio 2013-2014, na quarta-feira (10/12/2014), o presidente do colegiado, senador Fernando Collor (PTB-AL), destacou a realização, em março deste ano, do 1º Fórum Nacional de Infraestrutura.

O relatório final do evento apresentou ao todo 78 recomendações dirigidas aos poderes Executivo e Legislativo e aos demais entes federados.

Com essas sugestões, Collor espera ajudar a solucionar problemas encontrados nas áreas de transporte de cargas e de passageiros, energia elétrica, combustíveis, mineração, telecomunicações, saneamento, abastecimento de água e irrigação.

“Ficam aqui as nossas contribuições e caminhos para que possamos desatar esses nós que impedem a nossa infraestrutura de avançar na medida das necessidades do nosso crescimento”, assinalou.

InteratividadeNos últimos dois anos, a comissão promoveu 111 reuniões, sendo 95 extraordinárias, nove conjuntas e 10 de subcomissões.

Desse total, 61 reuniões foram audiências públicas, das quais 39 fizeram parte do ciclo de debates intitulado “Investimento e gestão: desatando o nó logístico do país”.

Uma inovação introduzida pela CI foi a participação direta de ouvintes, telespectadores e internautas nas audiências públicas e sabatinas realizadas ao longo de 2013 e 2014.

Por meio do Alô Senado e das redes sociais Twitter e Facebook, a comissão deu oportunidade a toda a sociedade de enviar seus comentários e perguntas aos palestrantes, autoridades e sabatinados.

“Trata-se de um novo instrumento de democracia direta e ao vivo, em que a CI foi precursora no âmbito do Congresso Nacional, com o registro de uma excelente repercussão e a participação de cidadãos de todas as regiões do Brasil”, ressaltou Collor.

ProjetosQuanto às reuniões deliberativas, foram apreciadas 180 proposições, sendo 27 projetos de lei do Senado; sete projetos de lei da Câmara; um substitutivo da Câmara a projeto do Senado; 15 mensagens de indicação de autoridades, com as respectivas sabatinas; um relatório final de subcomissão; um projeto de lei em turno suplementar; 81 requerimentos; 45 emendas orçamentárias da comissão; e dois atos da Comissão de Serviços de Infraestrutura.

ObrasOutra importante atividade desenvolvida pela comissão foi o acompanhamento sistemático do andamento das obras do setor de transportes, por meio de relatório atualizado semanalmente pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Revista Em DiscussãoAlém disso, a Comissão de Serviços de Infraestrutura promoveu, juntamente com a Secretaria de Comunicação do Senado, o lançamento de dois números da Revista Em Discussão, com os temas “Mobilidade Urbana” e “Escassez de Água”.

“Creio, com isso, que a Comissão de Serviços de Infraestrutura cumpriu rigorosamente toda a programação prevista para esta sessão legislativa que se encerra, bem como a extensa pauta ordinária de matérias e assuntos a ela submetidos”, resumiu Collor ao agradecer a colaboração dos senadores e servidores.

Em nome dos senadores que integram a comissão, Ruben Figueiró (PSDB-MS) cumprimentou Collor pela excelência dos trabalhos durante o biênio.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Pedro França/Agência Senado