Collor destaca importância da implantação de campus do Ifal em Rio Largo

PTB Notícias 27/01/2014, 18:24


Um convênio de cooperação mútua assinado na sexta-feira (24/1/2014), entre o Instituto Federal de Alagoas (Ifal) e a Infraero, com parceria da prefeitura de Rio Largo, vai viabilizar a implantação de uma unidade da escola técnica federal no município, beneficiando toda a região do Tabuleiro e municípios vizinhos.

Pelo convênio assinado, o Ifal vai funcionar, provisoriamente, num prédio cedido pela Infraero, onde antigamente funcionava o projeto social Reviver.

O pleito pela implantação da unidade de ensino técnico é antigo e a cidade de Rio Largo esteve na iminência de perdê-la, devido à falta de um local para a sua instalação.

Mas a situação foi revertida depois que o vereador Roberto Menezes resolveu tomar a frente de uma mobilização que envolveu algumas lideranças políticas, entre elas o senador Fernando Collor (PTB-AL) e o deputado federal Paulo Fernando (PT-AL), a quem o vereador agradeceu pelo empenho.

No ano passado, o senador foi procurado em Brasília, por um grupo de pessoas, entre elas o vereador e gestores do Ifal, solicitando a sua intermediação junto à Aeronáutica, pela sessão de um terreno na região do Aeroporto, para a implantação do Campus do Ifal – Rio Largo.

O pleito ainda está em estudo, mas o senador acredita que a sessão do espaço onde antes funcionava o projeto social Reviver, já é um bom caminho, nesse entendimento.

“Estou muito feliz em estar participando deste momento.

A implantação de um campus do Ifal em Rio Largo trará benefício para toda essa região.

Isso demonstra, mais uma vez, a preocupação que o governo federal tem com a educação e com a nossa gente”, disse Collor.

Ele prometeu manter o empenho pela viabilização de um terreno para a construção da sede definitiva da unidade escolar.

Ao lado dos deputados Jefferson Moraes e Inácio de Loyola e do ex-governador Ronaldo Lessa (PDT) – destacado durante o evento pelo trabalho que fez pela educação quando esteve à frente do governo do Estado –, Collor lamentou os baixos indicadores sociais que hoje afligem Alagoas e falou da necessidade de um grande esforço para retomar a curva ascendente da educação e de outros setores sociais.

O empenho do senador foi reconhecido pelo prefeito de Rio Largo, Toninho Lins, que destacou a importância do seu trabalho para Rio Largo, Alagoas e o Brasil, e pelo pro-reitor do Ifal, Luiz Henrique, que representou o reitor na solenidade.

“O campus de Rio Largo já deveria estar funcionando, mas devido a vários percalços, quase que foi inviabilizado.

Agora, graças aos esforços do senador Fernando Collor e da bancada federal; ao empenho da Aeronáutica, por meio da Infraero, isso se torna realidade”, disse Luiz Henrique.

Ele lembrou que há quatro anos o Ifal tinha 4 mil alunos em Alagoas.

Hoje são 12 mil, distribuídos em 11 municípios diferentes.

Esse crescimento se deu, graças à descentralização, iniciada quando Collor era presidente da República, como lembrou o deputado Paulão.

“Na época, só tinha uma unidade do antigo Cefet em Alagoas.

A primeira unidade no interior foi implantada em Palmeira dos Índios, quando Fernando Collor era presidente da República, entendendo a necessidade de descentralização”, concluiu Paulão.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações do site do senador Fernando Collor (PTB-AL)Foto: Divulgação