Collor diz que mundo precisa encontrar um novo modelo de desenvolvimento

PTB Notícias 4/06/2012, 18:35


Durante a sessão solene promovida nesta segunda-feira (04/06/2012) pelo Congresso Nacional para lembrar o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no dia 5 de junho, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, foi destacada, em discurso, pelo senador Fernando Collor (PTB-AL).

O evento marca os 20 anos da Rio ou Eco-92.

Na ocasião, o Rio de Janeiro recebeu mais de 100 chefes de estado e produziu alguns documentos que seriam referência nos anos seguintes, como a Agenda 21 e a Convenção da Biodiversidade.

Fernando Collor, que preside a Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado, e, na época, era o presidente da República, disse que a Eco-92 foi um divisor de águas.

Mas que 20 anos depois o mundo precisa encontrar um novo modelo de desenvolvimento.

“O atual sistema de desenvolvimento baseado no uso intensivo de recursos naturais está falido.

E enfrenta como consequência elevação de custos, queda da produtividade e danos irreversíveis à vida no planeta”, disse o petebista.

A Rio+20 começa no dia 13 e vai até o dia 22 de junho.

A Conferência terá a cobertura da Secretaria de Comunicação do Senado.

E como parte das comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, o Brasil foi escolhido pelas Nações Unidas para sediar as celebrações globais da data.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Rádio SenadoFoto: Geraldo Magela/Agência Senado