Collor lamenta decisão do governo dos EUA de cancelar compra de aviões

PTB Notícias 5/03/2012, 16:44


O presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, Fernando Collor, do PTB de Alagoas, lamentou a decisão do governo dos Estados Unidos de cancelar a compra de 20 aviões Super Tucano, que haviam sido encomendados à Embraer.

O senador Fernando Collor destacou, em entrevista à Rádio Senado, que o próprio comandante da Força Aérea dos Estados Unidos, pareceu contrariado com a decisão.

” O próprio comandante da força aérea daquele país, General Norton Schwartz, qualificou o cancelamento anunciado na terça-feira de “vergonhoso” e declarou que a medida representa um embaraço para a força aérea dos Estados Unidos, acrescentando que se sentia profundamente desapontado com a decisão de seu governo”, disse o petebista.

De acordo com Collor, que é o presidente do Diretório Estadual do PTB em Alagoas, a medida contraria um processo de seleção que teve um vencedor claro, a Embraer.

“Foi uma medida protecionista e contrária a princípios fundamentais das boas práticas internacionais, sobretudo porque, em 30 de dezembro último, os Estados Unidos concluíram um processo de concorrência e anunciaram a escolha da Embraer para o fornecimento as aeronaves”, afirmou o senador Collor.

O contrato teria um valor de US$ 355 milhões, e envolvia vinte aeronaves Super Tucano, assim como apoio terrestre para treinamento de pilotos, manutenção e outros serviços requeridos.

Uma das concorrentes derrotada na seleção questionou a documentação apresentada pela Embraer.

Em nota, a empresa brasileira lamentou o cancelamento do contrato, afirmou que não havia problemas de ordem burocrática e que irá aguardar mais esclarecimentos para saber que medidas tomar.

Ivana Souza – Agência Trabalhista de Notícias, com informações da Agência Senado