Collor lamenta situação dos afrodescendentes no Dia da Consciência Negra

PTB Notícias 20/11/2013, 17:17


O senador Fernando Collor (PTB-AL) lamentou, em pronunciamento nesta quarta-feira (20/11/2013), quando se comemora o Dia da Consciência Negra, que ainda hoje a população afrodescendente sofra com a violência no país.

O parlamentar informou que em Alagoas, por exemplo, estado onde está o Quilombo dos Palmares, local que se tornou referência da luta dos negros contra a escravidão no período colonial, a população afrodescendente vive 49 meses menos do que a média estadual.

A redução da expectativa de vida está associada à exposição maior dos negros à violência, especialmente a homicídios, suicídios e acidentes, afirmou Collor.

“Na prática, os alagoanos tornaram-se reféns da péssima política de segurança pública, de educação e de saúde, componentes de um atraso que o governo estadual não consegue sequer amenizar, menos ainda, resolver”, afirmou.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Lia de Paula/Agência Senado