Collor lembra dedicação de Antonio Carlos Magalhães ao povo baiano

PTB Notícias 21/07/2007, 11:18


O senador Fernando Collor, do PTB de Alagoas, lamentou o falecimento do senador Antonio Carlos Magalhães, e destacou, ao fazer uma homenagem ao político baiano, a dedicação de ACM ao povo baiano nos seus mais de 50 anos de vida política.

Collor lembrou que mantinha com Antonio Carlos Magalhães uma excelente relação de amizade, além de ressaltar que o considerava um conselheiro.

“Eu senti muito a perda do senador Antonio Carlos Magalhães.

Além de grande e querido amigo, era um político combativo, e dedicou toda a sua vida pública à defesa das causas que ele acreditava, sempre com muito afinco.

O amor que ele tinha pela Bahia era algo que nos deixava emocionados, assim como a defesa que ele fazia dos interesses da população do seu Estado.

Foi realmente uma perda muito sentida, e eu tenho agora também a convicção que o seu filho, a quem caberá sucedê-lo no Senado da República, poderá honrar o nome e as tradições da família, e o amor que têm pelo Estado”, disse o senador Collor.

Collor fez questão de ressaltar que o filho de ACM, o falecido deputado federal Luis Eduardo Magalhães, foi seu líder do governo na Câmara, na época em que foi presidente da República.

“Além do senador Antonio Carlos Magalhães, o seu filho também nos deixou e foi um grande e querido amigo.

O deputado Luis Eduardo Magalhães foi líder do meu governo na Câmara dos Deputados, e um dos grandes companheiros e amigo de todos que estavam no Congresso naquele momento”, afirmou o senador petebista.

O senador pelo PTB alagoano lembrou também que o senador ACM foi um dos seus grandes conselheiros em seu retorno ao Senado, neste ano de 2007.

“Eu e o senador Antonio Carlos Magalhães sempre tivemos uma relação muito boa, e agora também no Senado, quando nos reencontramos.

Eu tinha nele um excelente conselheiro, uma pessoa que me orientou bastante nesse início de mandato, sobre as questões do Senado, sobre o funcionamento da casa, enfim.

Tivemos vários encontros, no gabinete dele, no plenário, e essas são gratas recordações que vão ficar na minha memória para sempre”, finalizou o senador Fernando Collor.

Agência Trabalhista de Notícias