Collor: políticas ambientais devem passar do discurso à prática

PTB Notícias 4/06/2013, 19:29


O senador Fernando Collor (PTB-AL) afirmou, nesta terça-feira (4/6/2013), véspera do Dia Mundial do Meio Ambiente, que já passou da hora de a sociedade brasileira sair da reflexão do discurso e implantar efetivamente as políticas ambientais recomendadas na ECO-92 e na Rio + 20.

O senador explicou que esses dois momentos de mobilização das nações serviram para convencer que o tema ambiental deve ser diariamente lembrado e revisado nas agendas governamentais.

Ele ressaltou que as ações em prol da preservação do meio ambiente não podem ficar restritas à esfera federal, mas devem contar com o apoio dos estados e municípios.

“Do mesmo modo, a sociedade tem um papel fundamental e até mesmo preponderante não só na cobrança dessas ações, mas, sobretudo, na conscientização da premente necessidade de adoção de novos hábitos e novos conceitos de consumo, e consumo sustentável”, disse.

Collor ainda ressaltou a necessidade de o Poder Legislativo dar continuidade a legislações fundamentais no campo ambiental e de os estados se empenharem mais no combate à degradação ambiental.

Ele lamentou a degradação, em Alagoas, de ecossistemas de significativa importância para o ambiente e para a atividade econômica, entre eles, as lagoas Mundaú e Manguaba.

“No mês passado, por exemplo, constatou-se a morte de milhares de peixes e crustáceos, que amanheceram boiando nas águas da lagoa Manguaba, no trecho que compreende o Município de Marechal Deodoro, a primeira capital do nosso estado.

É imprescindível saber o quanto antes as reais causas do desastre ecológico”, observou.

O senador disse que essa situação reflete a ineficácia administrativa de um governo estadual inoperante e fez um apelo ao governador e às autoridades de Alagoas para salvarem as duas lagoas.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Moreira Mariz/Agência Senado