Collor promete lutar pelo perdão das dívidas para produtores rurais

PTB Notícias 25/09/2014, 17:01


A pior seca dos últimos 100 anos deixou centenas de pequenos produtores rurais de Alagoas endividados.

Para tentar amenizar a dor dos produtores, o senador Fernando Collor (PTB) prometeu seguir lutando pelo perdão da dívida para as mais de 100 mil famílias que vivem da pequena produção rural.

Na quarta-feira (24/9/2014), Collor participou em Canapi, no Sertão do Estado, de uma grande caminhada, onde reafirmou o compromisso de continuar expandindo as ações de incentivo e defesa da agricultura familiar.

Como senador, Collor vem atuando em defesa do pequeno produtor, sobretudo, destinando recursos, máquinas e convênios para ações ligadas à agricultura familiar.

Nos últimos anos, ele teve participação direta também no envio de R$ 300 milhões para o segmento.

No entanto, o petebista faz questão de enfatizar que é preciso fazer muito mais.

“A luta em defesa do produtor rural não acabou.

Conseguimos a renegociação da dívida para alguns agricultores, mas seguir lutando pelo perdão total das dívidas é o nosso objetivo.

Eles não têm como pagar os empréstimos devido à seca que prejudicou a produção das famílias, como também as altas taxas de juros dos créditos”, defendeu.

O prefeito de Canapi, Celso Luis, o deputado estadual Isnaldo Bulhões (PDT) e o ex-prefeito de Coruripe e candidato a deputado federal, Marx Beltrão (PMDB), também participaram da caminhada, onde fizeram questão de destacar os resultados das ações de Collor como senador.

“O nosso senador já fez muito por Alagoas e pode fazer muito se continuar em Brasília, abrindo as portas dos ministérios para os prefeitos.

Collor não só defendeu o nosso Estado como também o Brasil.

Os resultados mostram que o senador colocou seu mandato à disposição do povo”, reconheceu Isnaldo Bulhões.

Após a caminhada por Canapi, Collor percorreu os municípios de Palestina, Monteirópolis e Jaramataia, onde recebeu apoio à reeleição de prefeitos, vereadores, lideranças e da população.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria do senador Fernando Collor (PTB-AL)Foto: Divulgação/Assessoria