Com “Bate-papo nas Cidades”, Araújo ouve moradores e lideranças do DF

PTB Notícias 26/09/2015, 6:35


Desde agosto que o deputado Cristiano Araújo (PTB-DF) tem ido semanalmente às ruas do DF ouvir da população as principais reivindicações e encaminhar demandas, além de dialogar, trocar ideias e prestar contas do mandato.

Nesses encontros, denominados de “Bate-papo nas Cidades”, o parlamentar já ouviu dezenas de lideranças comunitárias e religiosas, empresários, donas de casa, estudantes, jovens, servidores públicos e gente comum do povo.

Cristiano e sua equipe já foram recebidos em sete cidades: Riacho Fundo I e II, Ceilândia, Samambaia, Santa Maria, Recanto das Emas e Taguatinga.

O deputado elaborou um cronograma de visitas a todas as cidades do DF até dezembro.

Mas o projeto deve ser estendido até 2018.

“O que prevalece nesses encontros é a sintonia de ideias e o debate construtivo, na busca de soluções para os vários problemas enfrentados diariamente pela população de nossas cidades”, destaca o deputado.

“Não vamos medir esforços para, com o apoio e a força da comunidade, articular e encaminhar essas demandas ao governo e demais órgãos e instituições públicas, buscando a solução dos problemas apresentados”, afirma o deputado.

As principais queixas da população até agora, nas cidades visitadas, estão centradas na falta de segurança, deficiência na mobilidade urbana, precariedade do sistema público de saúde, a falta de espaços públicos e de políticas de lazer e entretenimento para a juventude, necessidade de mais centros de ensino, carência de creches públicas e que o governo priorize o atendimento escolar para crianças especiais.

Ainda na área de educação, o público jovem tem reclamado da falta de cursos técnicos que atendam a essa faixa etária.

As lideranças empresariais e representantes do setor produtivo foram unânimes em pedir maior agilidade na liberação de alvarás de funcionamento para o comércio e na definição das novas regras do Pró-DF.

Uma curiosidade nessa área: O Riacho Fundo II, apesar de existir há mais de 20 anos, ainda não conta com posto de gasolina e nem agência do BRB.

O descumprimento da política habitacional do governo para atender pessoas com deficiência é outra reclamação que tem sido feita em todos os encontros.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do Deputado Cristiano Araújo (PTB-DF) Foto: Divulgação/Assessoria