Com presença de Lula, Duciomar Costa inaugura hospital Sarah em Belém

PTB Notícias 9/12/2007, 10:14


Duciomar Costa lembrou a luta empreendida para que o hospital fosse construído “Aqui é o único lugar onde vejo os pacientes se tratando através da dança!” Foi a primeira observação feita pelo presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, ao ser recepcionado por um grupo de crianças portadoras de necessidades especiais que apresentaram um número de carimbó, durante a inauguração do hospital da Rede Sarah Kubitschek na cidade de Belém, capital do Pará.

A comitiva da presidência foi recepcionada pelo prefeito de Belém, o petebista Duciomar Costa, e pela governadora do Estado, Ana Júlia Carepa.

Foram anos de luta para que um hospital desse porte viesse para Belém.

E grande parte deve-se ao esforço do radialista Agostinho Monteiro, coordenador do movimento “Acorda Pará, Sarah já!”.

“O Hospital é uma referência mundial em saúde.

Graças ao esforço da nossa bancada, do presidente Lula e das pessoas que fazem parte do Movimento Acorda Pará, esse sonho está se realizando e nossa população não vai mais precisar sair de Belém para fazer tratamento especializado em outro Estado”, ressaltou Duciomar Costa.

A implantação da unidade na capital é fruto de uma mobilização da bancada federal do Pará na Câmara de Deputados e Senado Federal, que sensibilizada com a necessidade, resolveu se unir em favor da causa.

O próprio prefeito, quando ainda senador, ajudou a garantir no orçamento da União R$ 40 milhões para o hospital.

“Essa é uma grande e importante vitória!”, lembrou o gestor municipal.

A implantação da unidade foi comemorada pelos representantes da União, Estado e municípioDepois de passar mais de seis meses em uma cadeira de rodas, após um acidente ocorrido durante a campanha paras as eleições estaduais, a governadora Ana Júlia Carepa fez questão de dar o seu testemunho e exaltar a força de vontade das pessoas que lutam contra as limitações físicas e pelo direito à acessibilidade.

“Experimentei um pouco o que é ficar sem poder me locomover e sei das dificuldades que se tem de enfrentar”, declarou, destacando que a inauguração da unidade da rede Sarah em Belém representa um compromisso assumido e cumprido pelo governo Lula, mas que a saúde pública é um compromisso de todos.

Lula teceu elogios ao trabalho realizado pelos profissionais da Rede Sarah e lembrou que os resultados que ele produz compensam todo e qualquer investimento feito nesse âmbito.

“Nesses hospitais, os pacientes têm toda a atenção que merecem.

Aqui eles são assistidos pelos médicos, mas quem cuida realmente dos pacientes são os pais, que a partir de um acompanhamento diferenciado, que inclui assistência psicológica, aprendem a conviver melhor com o problema e desenvolver o potencial dos seus filhos”, argumentou o presidente.

E concluiu: “Aqui nesse hospital não encontramos médicos e enfermeiros, encontramos amigos”.

Durante a cerimôniade inauguração, Lula e o prefeito Duciomar Costa trocaram informações sobre o hospitalO presidente manifestou o desejo de implantar unidades da Rede Sarah na maioria das capitais brasileiras, para garantir que todo portador de necessidade especial tenha um tratamento digno e, mais do que isso, que o “povo aprenda a ser tratado com dignidade, pois em se tratando de saúde pública o ideal é que todo mundo seja tratado como cidadão de primeira classe”.

Após os discursos oficiais, Lula, acompanhado do prefeito Duciomar Costa, da primeira-dama, Marisa Letícia, e da governadora Ana Júlia, descerrou a placa alusiva à inauguração do hospital.

A rede Sarah Kubitschek de Hospitais do Aparelho Locomotor reúne unidades mantidas pela Associação das Pioneiras Sociais (APS), entidade de serviço social autônomo, de direito privado e sem fins lucrativos, com sede no Distrito Federal.

Ele integra os mais renomados especialistas e mais avançados tratamentos destinados à reabilitação do aparelho locomotor.

Além de Brasília, a Rede Sarah está presente em Salvador (BA), São Luís (MA), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Rio de Janeiro (RJ) e, agora, também em Belém (PA).

Após a inauguração do hospital, o presidente e sua comitiva seguiram para o Hangar – Centro de Convenção, onde Lula participou do encerramento do Encontro de Governadores da Frente Norte do Mercosul.

A viagem ao Estado incluiu, ainda, uma visita ao município de Breves, na Ilha do Marajó, onde o presidente lançou o Plano Social de Registro Civil de Nascimento e Documentação Básica e concedeu títulos que asseguram o uso legal de terras pertencentes à União para famílias ribeirinhas.

fonte: site da Prefeitura de Belém (PA)