Comissão presidida por Pier Petruzziello arquiva projeto que acabava com subsídio do vice-prefeito de Curitiba

PTB Notícias 24/08/2016, 9:54


Imagem Crédito: Chico Camargo/CMC

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1472043147602{margin-bottom: 0px !important;}”]A Comissão de Legislação, Justiça e Redação da Câmara dos Vereadores de Curitiba decidiu, na terça-feira, 23, arquivar o projeto de lei que pretendia acabar com o subsídio mensal ao vice-prefeito do município, ficando o pagamento restrito apenas aos dias em que ele assumisse o cargo de prefeito. A Comissão entendeu que não é competência da casa avaliar o assunto.

Segundo o presidente da comissão, Pier Petruzziello (PTB), os vereadores não podem legislar sobre a remuneração desses cargos. De acordo com o vereador, o objetivo do veto foi evitar polêmicas desnecessárias.

A ideia inicial era extinguir o subsídio por entender que o vice não tem uma função objetiva, a não ser quando assume o lugar do prefeito temporariamente. O texto da proposta que foi arquivada previa que o vice só receberia pagamento proporcional aos dias em que assumisse o cargo de prefeito. Atualmente, o salário do prefeito é de aproximadamente 26 mil reais. O do vice é de 14 mil reais.

Com informações da Câmara Municipal de Curitiba[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]