Congresso Nacional aprova Projeto de Lei do Senador João Vicente Claudino

PTB Notícias 25/12/2010, 10:46


O senador João Vicente Claudino (PTB-PI) teve dois Projetos de Lei de sua autoria aprovados no Congresso Nacional na noite da última quarta-feira (22/12), a PLM 06/2010 e PLM 37/2010.

Os projetos irão trazer ao Piauí cerca de 12 milhões de reais, referentes à duplicação da BR 316 e a construção de um elevado na BR 343, que tem por objetivo diminuir o tráfego e o número de acidentes que acontecem nessas rodovias.

A BR 316, uma das principais estradas federais do País, que tem início em Belém (PA) e finaliza em Maceió (AL), sendo uma das mais movimentadas e onde acontecem o maior número de acidentes.

Em função disso, o senador João Vicente apresentou o Projeto de Lei 06/2010 que busca a duplicação e aperfeiçoamento da rodovia no espaço que cruza o Piauí.

“Esse projeto se configura como importante obra estruturante, buscando afastar da área urbana de Teresina o tráfego pesado, evitando transtornos e diminuindo os grandes números de acidentes, que em 2009 chegou ao número de 1.

903, com um saldo de 1.

068 feridos e 173 mortos.

Foram destinados 2 milhões de reais para a BR 316, que será uma das maiores obras do Estado”, enfatizou o senador.

Ainda na mesma noite houve a aprovação do projeto de lei 37/2010, que visa a construção de um elevado na BR 343, que liga a cidade de Luís Correia à Bertolínia.

Segundo o senador João Vicente, o projeto tratá ao Piauí 10 milhões de reais.

“A criação desse elevado é de fundamental importância para o desenvolvimento, pois liga Teresina ao litoral, além de interligar o Piauí ao Ceará, no entroncamento com a BR-401, também facilitará o tráfego de carros pesados na BR 343.

A construção deve acontecer no balão da Av.

Miguel Rosa, com a Av.

Getulio Vargas (BR 343)”, destaca João Vicente.

Com a chegada do período chuvoso, a situação das BRs tende a piorar e o número de acidentes geralmente aumenta, o que preocupa os usuários das BR”s.

Os Projetos de Leis, que já foram aprovados no Congresso, agora seguem para a sanção presidencial.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações do Portal TV Canal 13