Conheça melhor os petebistas – vereadora Ariane Carla/BA

PTB Notícias 19/07/2007, 14:13


A vereadora Ariane Carla, do PTB da Bahia, ouvidora geral da Câmara Municipal de Salvador, orgulha-se de ser a edil com o maior número de audiências públicas realizadas.

Sempre com temas polêmicos e atuais – homofobia; aborto; crianças e adolescentes em situação de risco; pessoas desaparecidas; direitos dos idosos; assédio moral; consciência ambiental; educação cidadã; inclusão digital como forma de inclusão social; combate à violência contra a mulher -, Ariane consegue sempre lotar, principalmente de estudantes da rede pública de ensino, o auditório e o Plenário da Câmara.

Ariane Carla enfatiza que alia política com qualidade e responsabilidade social.

Dos cinco projetos sociais que desenvolve e é idealizadora (Metrópole Solidária, Educar para Viver, Ação Comunitária, Criança Feliz e Nasce Atleta) a vereadora afirma que seu compromisso é o de estimular a importância dos estudos na vida das pessoas.

Segundo Ariane, seus projetos se destacam pela orientação e aplicação de conceitos reais de entendimento, com a inclusão social se concretizando através da educação.

“Acreditamos que a ´Proteção Social` para os menos favorecidos só será possível com ações integradas”.

Bandeiras de luta – Eleita em outubro de 2004, pela primeira vez, Ariane assumiu o mandato em janeiro de 2005 e, em outubro, a titularidade da Ouvidoria Geral da Câmara Municipal de Salvador.

Ariane já realizou 24 audiências públicas e cinco sessões especiais e apresentou 495 requerimentos.

Ariane nasceu em Salvador, é pedagoga, publicitária e está cursando Direito.

Desde a adolescência se dedica às ações sociais.

Ela diz que a política surgiu em sua vida de uma forma vocacional e espontânea.

Ariane foi eleita Vereadora em 2005 e é a primeira Ouvidora Geral da Câmara Municipal de Salvador.

Exerce também a função de radialista na Rádio Metrópole.

“Tenho como bandeiras de luta a solidariedade, a determinação, coragem, ética, inovação, eficácia e competência, para melhorar as condições de vida dos mais carentes”, revela.

Agência Trabalhista de Notícias