Conselho de Ética vai sugerir medidas contra corrupção, afirma Izar

PTB Notícias 1/06/2007, 9:25


O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados vai apresentar sugestões de combate à corrupção à Mesa Diretora.

O presidente do órgão, deputado Ricardo Izar, do PTB de São Paulo, convocou para a próxima terça-feira (5) reunião para discutir essas propostas, que deverão ser encaminhadas ao presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia.

Izar adiantou que defenderá, entre outras medidas, a extinção das emendas de bancada ao Orçamento.

“O sistema atual abre brechas para a apresentação de propostas voltadas a interesses privados”, afirmou o presidente do conselho.

Votações Izar acrescentou que outras medidas precisam ser tomadas com urgência para moralizar os trabalhos da Comissão Mista de Orçamento e defendeu inclusive a proibição de que as votações da proposta orçamentária ocorram de madrugada.

“Esse procedimento, que é rotineiro na comissão, impede que muitos parlamentares estejam presentes para contestar determinadas decisões”, disse o deputado petebista.

O presidente do Conselho de Ética é favorável à proposta do DEM de impedir os parlamentares de atuar na Comissão de Orçamento por mais de um ano.

Acordo de líderesA votação de proposições que inibam a prática de corrupção foi acertada nesta semana durante reunião dos líderes partidários com o presidente da Câmara.

A intenção é realizar, logo após a análise da reforma política, uma série de comissões gerais sobre o assunto.

Depois desses debates em plenário, que terão a participação da sociedade, a Câmara deverá votar as propostas selecionadas pelos deputados.

fonte: Jornal da Câmara