Consternados, Petebistas do RS dizem que Eliseu Santos estava feliz

PTB Notícias 1/03/2010, 7:23


Colegas do PTB do ex-vice-prefeito e atual secretário da Saúde de Porto Alegre Eliseu Santos, assassinado na última sexta-feira, (26/2), se mostraram consternados com o episódio.

O senador Sérgio Zambiasi relatou que Santos esteve quarta-feira em Brasília e demonstrava estar feliz.

“Ele estava empolgado com a articulação de convênios junto com o Ministério da Saúde, entre eles no combate à dengue”.

O senador acredita que o secretário tenha sido morto após uma tentativa de assalto.

“Ele estava em um evento familiar, diferente dos horários que ele costuma frequentar os cultos.

A hipótese de assalto é mas realista.

“O presidente do PTB e deputado Luís Augusto Lara salientou que o momento é de prestar apoio à família da vítima.

“Vamos dar um suporte moral e torcer pelo sucesso das investigações”, apontou.

O vice-presidente estadual do PTB, deputado Cassiá Carpes, também foi surpreendido com a informação.

“Era um excelente colega que fará falta ao partido.

Ia concorrer conosco nas eleições para voltar à Assembleia”, lembrou o parlamentar, que ainda destacou o senso político do colega.

“Ele teve a grandeza de abrir mão da vice-prefeitura para permitir a coligação com o PDT, que reelegeu o prefeito Fogaça.

“O presidente da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, Nelcir Tessaro (PTB), afirmou desconhecer qualquer tipo de ameaça que o secretário Eliseu Santos tenha sofrido nos últimos dias.

Ainda chocado com o fato, o vereador destacou que “toda a família trabalhista está enlutada e bastante comovida com este bárbaro crime”.

“Perdemos um amigo, uma pessoa agregadora, um lutador pelas causas sociais, um político que sempre trabalhava em prol da medicina comunitária.

“Tessaro se mostrou surpreso com o tipo de ataque sofrido pelo companheiro de partido.

“A sociedade não pode ficar à mercê da criminalidade”, acrescentou.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações do Portal Contexto Político