Conte Lopes questiona baixo salário da Polícia Militar de São Paulo

PTB Notícias 4/03/2009, 7:15


Na sessão de ontem, 03/03, da Assembleia Legislativa de São Paulo, o Deputado Estadual Conte Lopes (PTB-SP) mostrou sua indignação com o salário dos funcionários públicos, em especial da Polícia Militar que, segundo ele, “faz um bom trabalho dentro das condições apresentadas”.

Lopes contou um caso de assalto ocorrido nesta segunda-feira, 2/3, no bairro de Perdizes, em que morreu, de acordo com o parlamentar, o líder do PCC conhecido como Sombra.

O assaltante cumpria prisão domiciliar por homicídio e tráfico de drogas.

“A polícia prende e a Justiça solta? Não dá para entender”, afirmou.

O Deputado também ressaltou que as cidades do interior, antes pacatas, veem sua rotina se alterar radicalmente com a instalação de presídios que, além de centenas de presos, levam ao município os parentes dos presidiários.

“Coitado do cidadão de bem”, disse ele.

Lopes também criticou o governo estadual pelo veto ao projeto que prevê proteção a testemunhas e vítimas em inquérito policial.

Segundo o deputado, isso prejudica enormemente os procedimentos de investigação policial, já que tanto vítimas quanto testemunhas se sentem intimidadas pelos acusados.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações da Assembleia Legislativa de São Paulo