Coronel Queiroz não acredita em terceirização da profissão de bombeiro

PTB Notícias 2/02/2009, 13:03


O deputado estadual petebista Coronel Queiroz comentou o projeto que regulamenta a profissão de bombeiro civil, em tramitação na Câmara dos Deputados.

De autoria do ex-deputado Laércio Oliveira (PSDB-SE), o projeto prevê que o bombeiro civil é definido como o profissional habilitado à atividade de prevenção e combate a incêndios e a outros sinistros, sendo capaz de prestar primeiros socorros, prestando serviços a empresas especializadas.

“Não sou contrário ao projeto, mas não acredito nele”, afirmou Coronel Queiroz.

Segundo o parlamentar, os bombeiros militares, principalmente em Goiás, são suficientes para suprir a demanda da população.

“O Corpo de Bombeiros possui todo o conhecimento técnico necessário para prestação de socorros de urgências, combate a incêndios, fornecimentos de laudos e outras atividades.

O único ponto que ainda deixa a desejar é o maquinário antigo que utilizam”, explicou.

O deputado acredita que a criação de empresas especializadas no combate a incêndios não encontrará mercado para se desenvolver.

“O Brasil tornou-se o paraíso das terceirizações.

Mas esta só se desenvolve em áreas em que o Estado não atende plenamente a população, como no caso do crescimento do número de empresas de segurança privada.

O Corpo de Bombeiros não deixa este espaço”, explica o parlamentar.

fonte: site da Assembléia Legislativa de Goiás