Coronel Queiroz preocupado com crimes de motociclistas em Goiás

PTB Notícias 25/12/2008, 14:00


Presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembléia Legislativa de Goiás, o deputado estadual petebista Coronel Queiroz lamenta que o Estado não possa legislar sobre questões referentes ao trânsito.

Ele se refere ao aumento de crimes praticados por motociclistas que utilizam o capacete para esconder o rosto.

O assunto foi discutido recentemente pela Secretaria de Segurança Pública, envolvendo a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e as polícias Civil e Militar.

O parlamentar do PTB de Goiás considera o assunto preocupante.

Ele salienta que, como geralmente há duas pessoas envolvidas na prática do crime, uma para praticar o ato e outra para facilitar a fuga, ocorre a formação de uma pequena quadrilha, reduzindo a possibilidade de o cidadão escapar da abordagem.

ProibiçãoNo ano passado, contrariando o Código de Trânsito Brasileiro, que considera o não-uso do capacete como infração grave, um juiz da cidade de São Sebastião (134 km de Maceió, em Alagoas) proibiu o uso de capacetes por condutores e passageiros de motos.

A medida foi adotada, de acordo com o magistrado, como forma de reduzir a violência na cidade.

Na Paraíba, há uma lei estadual que prevê que motoqueiros e caronas que se recusarem a retirar o capacete ao entrar em estabelecimentos comerciais e públicos poderão ser detidos.

fonte: site da Assembléia Legislativa de Goiás