Coronel Queiroz realiza audiência pública sobre Conselhos Comunitários

PTB Notícias 12/11/2009, 8:20


Por iniciativa do deputado estadual Coronel Queiroz (PTB-GO), que é presidente da Comissão de Segurança Pública, a Assembleia realizou durante toda manhã desta quarta-feira, 11/11, audiência pública para tratar da atuação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública (Conseg’s).

O evento foi realizado no Auditório Solon Amaral e contou com a presença de vários presidentes dos respectivos conselhos de Goiânia e região metropolitana.

O objetivo do encontro foi abrir espaço aos presidentes dos Conseg’s para que junto ao poder público, pudessem expor as suas reivindicações para o bom desempenho das atividades por eles desenvolvidas.

Fizeram parte da mesa, além dos presidentes de conselho, coronel Jurair, representando o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Carlos Antônio Elias; o delegado Juraci José Pereira, que representa a Polícia Civil; o gerente de Integração da Polícia e Comunidade e coordenador estadual da Polícia Comunitária, Flávio Couto da Silva; e o gerente estadual dos Conseg’s, Erisval Moura de Sousa.

O deputado Coronel Queiroz destacou que esta foi a primeira de várias audiências sobre o tema, tendo em vista a importância destas instituições.

Os conselhos são o elo entre o Poder Público e a comunidade e seu poder é ilimitado, pois ele pode abordar qualquer questão referente à Segurança Pública e apresentá-lo às autoridades competentes, ressaltou.

Neste sentido, durante a audiência foram apresentadas várias questões que do ponto de vista dos presidentes, tornariam o trabalho dos Conseg’s mais eficiente.

Pontos como a falta de estrutura física e transporte, falhas na legislação, deficiência de contingente e treinamento, ausência de padronização da identificação de conselhos e conselheiros, mensuração das atividades e oferecimento de uma ajuda de custo para desempenho das atividades, foram as principais queixas apresentadas.

Todas as sugestões e reivindicações foram devidamente registradas para posterior encaminhamento às autoridades competentes ou mesmo para avaliação no desenvolvimento de políticas que beneficiem aos Conselhos Comunitários de Segurança Pública e seus voluntários.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações da Assembleia Legislativa de Goiás