“Crescimento sustentado com capacitação e qualificação de pessoas”

PTB Notícias 14/02/2012, 14:20


No evento em que o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, anunciou investimentos da ordem de R$ 170 milhões para a formação de mão de obra e inovação tecnológica em Pernambuco, o senador Armando Monteiro (PTB) destacou a importância de uma ação articulada entre o Governo estadual e entidades como a Federação das Indústrias de Pernambuco (FIEPE) e SENAI, para que o processo de crescimento do Estado seja sustentado.

“Esta agenda de qualificação, por exemplo, está sobrecarregada e há a necessidade de fazer muito, com um processo de articulação inteligente”, indicou Armando, para quem a sociedade de Pernambuco quer aproveitar intensamente as oportunidades que estão surgindo com o momento econômico do Estado.

Ex-dirigente da CNI, Armando teve sua gestão à frente da entidade elogiada pelo atual presidente, Robson Braga.

“Armando deixou uma entidade estruturada, com projeto, com norte, sabendo o que deveria fazer, e de que forma, e principalmente com uma imagem, no Brasil e no exterior, de uma entidade inigualável”.

Leia abaixo o que disse o senador Armando Monteiro durante o encontro com empresários pernambucanos.

O evento foi conduzido pelo presidente da FIEPE, Jorge Corte Real, e também contou com a presença do secretario de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, Antônio Carlos Maranhão, e do superintendente do SEBRAE/PE, Roberto Castelo Branco.

Você também pode assistir o pronunciamento em http://youtu.

be/THQFnjo24HoPernambuco vive um momento de grande efeverscência, mas este dinamismo que a economia de Pernambuco retoma é fruto de uma ação pró-ativa do Governo, mas também é fundamentalmente fruto de um processo de automobilização da sociedade de Pernambuco, que reagiu de forma muito efetiva há um longo período de relativa estagnação.

E que agora quer aproveitar intensamente as oportunidades que estão surgindo.

E este processo nos demanda muito.

Capacitação, qualificação, desenvolvimento de novas competências, para que este processo de Pernambuco seja sustentado.

E aí a nossa Fiepe, o nosso sistema tem um papel fundamental.

O presidente Jorge Corte Real tem tido esta capacidade de dialogar com o governo do Estado de Pernambuco e colocar a Fiepe na linha de frente destes esforços que temos empreendido, para que Pernambuco possa efetivamente aproveitar este momento excepcional.

Quero destacar também o papel do Governo do Estado, do governador Eduardo Campos, que tem conduzido um governo pró-ativo, um governo animado, que se articula.

E Pernambuco hoje, sem nenhuma dúvida, desponta no cenário nacional como um destino de investimentos.

Não há hoje um grupo privado que não considere Pernambuco na rota dos investimentos, sobretudo na perspectiva daqueles grupos que pretendem se instalar no Nordeste.

Então o governador Eduardo Campos tem desempenhado um papel muito importanteDestacar a presença do professor Antônio Carlos Maranhão à frente da Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, que é estratégica.

Esta presença dele garante uma mais efetiva articulação com a Fiepe, com o SENAI.

Esta agenda de qualificação está sobrecarregada e há a necessidade de fazer muito, com um processo de articulação inteligente, evitando sobreposições, e sobretudo buscando sinergias e complementaridades.

Então eu quero deixar o testemunho do apreço ao papel de Robson Andrade na CNI, e a certeza de que, agora no Congresso Nacional, estaremos sempre juntos na defesa desta agenda que é de interesse da indústria e do país.

Ivana Souza – Agência Trabalhista de Notícias, com informações da assessoria do senador Armando Monteiro